Nota oficial rebate denúncias

Renan responde reportagem de Veja


O presidente do Senado, Renan Calheiros, divulgou nota oficial em resposta ao conteúdo de reportagem da revista "Veja".

Segue a íntegra da nota:

"Considerando as matérias jornalísticas veiculadas nas últimas horas conferindo maliciosamente outra dimensão às minhas relações pessoais, cumpre-me esclarecer:

1º) Nunca recebi qualquer recurso ilícito ou clandestino de qualquer empresa ou empresário;

2.º) Jamais tive qualquer despesa ou gasto pessoal ou de meus familiares custeados por terceiros. Meus compromissos sempre foram honrados com meus próprios recursos;

3.º) Todas as minhas atividades relacionadas ao exercício dos mandatos que me foram honrosamente conferidos pautaram-se pela mais absoluta transparência. Não tenho nada a esconder ou dissimular. As doações efetuadas para minhas campanhas eleitorais foram efetivadas em absoluta conformidade com a lei e constaram das respectivas prestações de contas;

4.º) É intolerável que de uma turbulência circunscrita à minha mais íntima privacidade se queira extrair ilações desarrazoadas e conclusões perversas;

5.º) Sempre defendi a liberdade de imprensa. É pedra angular do regime democrático. Mas seu exercício pressupõe seriedade e responsabilidade, sob pena de transformar-se em instrumentos mesquinhos e inconfessáveis."

Brasília-DF, 25 de maio de 2007.

Senador RENAN CALHEIROS

2 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkk. Esse país é ilário... O Brasil não existe. kkkkkkkkkkkk. Meu amigo poster, o nome desta republiqueta de muro baixo devia ser escrito com "b" minúsculo. Olha para nosso Presidente!!!
Que país é este?
Que país é este?
Que país é este?

Val-André Mutran disse...

Pessoalmente acho que essa história é nebulosa.
Mas a base de apoio vai livrar a cara do senador.