Já vão tarde

São fortes os rumores em Brasília de que o presidente da Infraero, brigadeiro José Carlos Pereira, teria colocado o cargo à disposição ou pedido demissão. A expectativa é de que o Palácio do Planalto anuncie amanhã medidas de impacto em resposta à crise deflagrada com o acidente aéreo em Congonhas. Chefões da Infraero, Anac e Ministério da Defesa -- no caso, o ministro Waldir Pires -- estão inseguros em seus cargos. Só uma coisa é certa hoje em Brasília: O único com prestígio junto ao presidente Lula no momento é o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito.

Blog dos Blogs

2 comentários:

Star disse...

Mutran, não se empolgue, se trocarem, vai ser 6 por meia duzia.

Val-André Mutran disse...

A que pinto chegamos não é mesmo Star?