Troféu abacaxi para Arthur Virgílio


A Arte da foto é obra do designer gráfico Dgeison com exclusividade para o blog

A partir do post anterior os leitores serão brindados com frases em latim. Nossa língua mater e quase morta.

Oposição versus oposição


Eadem per eadem


Denise Rothenburg - correioweb.com.br
(para assinantes)

A absolvição de Renan Calheiros (PMDB-AL) terá outros reflexos além da esperada manobra da oposição para obstruir os trabalhos do Senado. Um deles é mais lenha na briga do PSDB com o Democratas pela hegemonia da oposição. De público, ambos acusam o PT de ter garantido o resultado favorável a Renan e se unem em alguns pontos. Mas, naquelas conversas mais reservadas, o placar acirrou a guerra entre os dois partidos. O DEM, por exemplo, atribui a derrota ao líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM). É para ele que dão o troféu abacaxi. Os ex-pefelistas estão convictos de que o tucano ajudou Renan ao vetar o nome de José Sarney (PMDB-AP) para Presidência da Casa. Dizem, sem cerimônia, que Virgílio quis jogar duas partidas simultaneamente e que isso acabou embaralhando as peças da cassação. Avaliam que foi um erro primário ou uma forma enviesada de fortalecer o discurso de união do governo contra o risco Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE).

*

Os tucanos, por sua vez, atiram pedras sobre o velho parceiro. Acham que, se o Democratas não tivesse um braço tão forte com o José Sarney, e um grupo interessado em ficar ao lado do governo, hoje estariam todos discutindo a sucessão de Renan. Como não deu, contam os tucanos, voltaram ao velho “rame-rame” da obstrução. Enquanto isso, Lula está em outro fuso horário, bem longe da crise do Congresso e ainda rindo à toa com a história de Renan, além de tudo, ajudar a dividir a oposição.

Efficitur ut...

-------
Eadem per eadem - O mesmo pelo mesmo.

Efficitur ut... - Conclui-se que...

3 comentários:

Roberto C. Limeira de Castro disse...

Tudo isso somente prova que a briga nunca foi pela moralidade da casa e do país, mas, pelo cargo de Presidente do Senado.

Roberto C. Limeira de Castro disse...

Em tempo: A aula de Latim foi uma grande idéia.

Val-André Mutran disse...

Há outras cobiças envolvidas, caro Roberto Castro.