Dois assassinatos de candidatos no Pará

Ser candidato a cargo eletivo no Pará é sinônimo de "colocar o pescoço" em risco. Pelo menos para um candidato a vereador no município de Uruará e outro, que concorria a Prefeitura no município de Rio Maria.

O Pará lidera com folga esse ranking macabro.
clipped from g1.globo.com

SÃO PAULO - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou até ontem o pedido de cinco Estados - Amazonas, Tocantins, Rio de Janeiro, Pará e Amapá - para a atuação da Força Federal visando garantir a segurança durante as eleições municipais deste ano.
No total, são 121 municípios que poderão ter a presença das forças federais.

As solicitações do Pará e Rio de Janeiro já foram aceitas pelo TSE e as dos demais Estados estão sob avaliação. Em nota, o tribunal lembrou que as requisições de auxílio são feitas pelo
juiz eleitoral de cada município ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado, que encaminha o pedido ao TSE.


blog it

Um comentário:

Frederico Guerreiro disse...

Por aqui, ainda vale a lei do cangaço, amigo.