Supertramp em Brasília













Roger Hodgson é um dos mais conceituados compositores das últimas décadas, se apresentará na primeira edição do Brasília Revival Concert. Hodgson fez história com o Supertramp, banda britânica de rock progressivo de grande sucesso nos anos 70, fenômeno do rock mundial com mais de 60 milhões de discos vendidos.

O show acontece dia 04/09 (quinta-feira), no auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, às 21 horas. Depois de Brasília o inglês segue para o Rio de Janeiro, onde se apresenta dia 05/09 e dia 06/09 em São Paulo.

Reconhecido como um dos melhores compositores, cantores e letristas de seu tempo, Hodgson é tido pela crítica e pelos fãs como o coração e a alma do Supertramp. Dono de uma das vozes mais conhecidas da história do rock e de músicas que marcaram toda uma geração, desde a adolescência teve a guitarra como companheira permanente, quando começou a compor suas primeiras canções, eventualmente adicionando piano, baixo, baterias e até violoncelo em suas criações.

Logo depois de deixar a escola conheceu Rick Davies, que na época estava em busca de integrantes para formar uma banda. Dessa união, em agosto de 1969, nasceu o Supertramp, que em sua formação original contava também com Richard Palmer (guitarra, balaika e vocais) e Robert Millar (percussão e harmônica). A banda inicialmente chamava-se Daddy, tendo o nome posteriormente alterado para Supertramp, que ao pé da letra quer dizer "super mendigo", inspirado num livro de W.H. Davies, "The Autobiography of a Super-Tramp".

O primeiro álbum "Supertramp" foi lançado em 1970, quando Roger tinha apenas 19 anos. Durante 14 anos, Roger foi vocalista e líder do Supertramp. Sua música e sua voz fizeram da banda um fenômeno mundial com mais de 60 milhões de discos vendidos e fãs de todo o mundo. Pertence a Roger letras das mais consagradas músicas do grupo, como "Give a Little Bit," "The Logical Song," "Dreamer," "Take the Long Way Home," "Breakfast In America," "It's Raining Again," "School," ou "Fools Overture".

Em 1983 Roger deixou o Supertramp e investiu na carreira solo, lançando em 1984 o álbum "In the Eye of the Storm", que chegou a 2 milhões de cópias vendidas. Em 1987, gravou o segundo disco solo, "Hai Hai". Antes do lançamento sofreu um acidente em casa e fraturou os dois pulsos, fato que o impossibilitou de divulgar o novo trabalho.

Após um período de terapia e reclusão, voltou, em 1997, com o álbum "Rites of Passage" e no ano seguinte, em 1998, deu início a sua primeira turnê mundial, com banda completa, incluindo o filho Andrew, e o saxofonista do Supertramp John Helliwell. O terceiro álbum solo "Open the Door" foi lançado em 2000.

O último lançamento oficial do Supertramp foi em 2005 com a coletânea dupla "Retrospectable – The Supertramp Anthology", com 32 faixas remasterizadas e dispostas em ordem cronológica de 1970 a 2002. Ainda em 2005 Hodgson recebeu um prêmio pela música "Give a Little Bit", escrita por ele em 1970, por ser uma das canções mais executadas no mundo.

Ainda em 2005, fez seu primeiro concerto na Inglaterra após 20 anos, no Shepherd´s Bush, Londres. A apresentação foi documentada e a idéia era lançar um DVD do projeto. No entanto, o concerto acontecido no Palácio das Artes de Montreal, Canadá, em 2006, que acabou sendo seu primeiro DVD, lançado no mesmo ano intitulado "Take The Long Way Home – Live In Montreal". Em 2007 o DVD recebeu disco de platina pela Canadian Recording Industry Association (CRIA), pelo sucesso mundial de vendas.

O show de Roger Hodgson e banda em Brasília é a chance única e inédita dos fãs brasilienses reviverem e cantarem os clássicos, junto com este músico que foi a voz e a alma de uma das melhores e maiores da história do rock clássico internacional: Supertramp.

Brasília Revival Concert 2008 com Roger Hodgson e banda live (Supertramp)
Data: 4 de setembro de 2008 (quinta-feira).
Local: Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães
Horário: 21 horas
Classificação indicativa: 16 anos
Informações: (61) 4501-8141 ou 8432-3661
Preços: Cadeira Vip Vermelha - R$ 600,00 (inteira)
Cadeira Vip Laranja - R$ 540,00 (inteira)
Cadeira Vip Amarela - R$ 500,00 (inteira)
Cadeira Verde Extra Especial - R$ 400,00 (inteira)
Cadeira Inferior Azul - R$ 360,00 (inteira)
Cadeira Superior Rosa - R$ 200,00 (inteira)

Um comentário:

Frederico Guerreiro disse...

Quem me dera poder assistir. Sou fã de carteirinha do Supertramp e do Roger (tinha uns discos solo dele, muito bons, por sinal).
Por aqui por Belém só temos direito a show acústico do Scorpions (já viu essa de banda de metal só no violão?). Vai ser só aquelas piores "mela-cueca" da banda.
Deixa eu ouvir as pancadas antigas no meu som que é melhor.