Sessão do Congresso Nacional deve aprovar Orçamento

O Congresso Nacional reúne-se hoje para votar o Orçamento Geral da União (OGU) do ano que vem.

Foi concluída ontem a votação dos 249 destaques ao relatório-geral do OGU pela Comissão Mista de Orçamento, com os respectivos destaques de acordo com o parecer do relator, senador Delcídio Amaral (PT-MS).

O líder do governo na comissão, deputado Gilmar Machado (PT-MG), disse que será apresentada uma errata em Plenário para fazer correções de valores. Machado citou a Previdência Social, que precisa de R$ 1,5 bilhão para assistência previdenciária. O deputado também havia reivindicado mais recursos para educação e para ciência e tecnologia. Gilmar Machado não detalhou, porém, como será feita essa recomposição.

O presidente da Comissão Mista de Orçamento, deputado Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS), lembrou que os destaques que foram rejeitados ou aprovados parcialmente poderão ser reapresentados em Plenário.

Evidente que há um pré-acordo para essa modificação. "Dificilmente é aceito recomposição de corte na votação em Plenário do orçamento", lembrou Giovanni Queiroz (PDT-PA).

Nenhum comentário: