MST desafia justiça e diz que não desocupará as fazendas de Dantas

"Nós não pretendemos desocupar as fazendas de Dantas", diz MST -

A coordenadora do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Pará, Maria Raimundo, afirma que as terras que o movimento ocupa no estado já viraram pastagens, incluindo as três fazendas da Agropecuária Santa Bárbara, ligada ao banqueiro Daniel Dantas. Em muitos casos as áreas desmatadas ultrapassam 80%.

Segundo ela, a obrigatoriedade de Reserva Legal na Amazônia só funciona para os trabalhadores. "a intenção dos] latifundiários, dos fazendeiros e das empresas, quando se apropriam de uma terra, quando grilam uma terra, não é a produção e nem a preservação da natureza, é a apropriação da terra para criar gado", explica.

Em entrevista exclusiva ao site Amazonia.org.br, ela conta sua insatisfação com a mídia, que tenta criminalizar o movimento dos trabalhadores, e comenta as críticas feitas pelos ruralistas na região, que afirmam que no estado existe terras suficientes para reforma agrária, sendo desnecessária a ocupação de propriedades privadas.

Confira a entrevista aqui ao site Amazônia. org.

---------------------

Representantes do Grupo Santa Bárbara percorreram gabinetes de autoridades em Brasília em reuniões fechadas para a busca de uma solução para a investida do MST no Sul do Pará contra o braço do agrobusiness do Grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas.

Nenhum comentário: