Deputados observam pressão da internet sobre Congresso

A revelação do Congresso em Foco de que parlamentares usavam suas cotas de passagens aéreas para patrocinar viagens de amigos, parentes e artistas, colaborou para que a sociedade aumente a cobrança em relação aos gastos do Parlamento. Essa é uma das avaliação de um grupo de deputados consultados pelo site. 

“Isso não tem volta. Agora é o caso das passagens. Depois aparecerão outros questionamentos sobre a relação entre o público e o privado”, afirma o deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR).

Leia reportagem completa no Congresso em Foco.

9 comentários:

Anônimo disse...

SE PELO MENOS FIZESSEM ALGUMA COISA PELO POVO, COMO POR EXEMPLO: ACABAR COM O CRIMINOSO " FATOR PREVIDENCIARIO "

JUAREZ SIQUEIRA

Anônimo disse...

Não me surpreendeu nada o comentário do Sr. Lula, quando disse que não tinha nada demais usar passagens aéreas para as esposas e que ele mesmo já deu passagens (quando era deputado) para LIDERES SINDICAIS.

Para quem já disse QUE ACHADO NÃO É ROUBADO, o que se esperar?

Será que na iniciativa privada acontece isto?

Algumas razões para não “gastar” o dinheiro público em benefício próprio:

1º - “O político” já ganha bem, o suficiente para pagar as passagens da família.

2º - O Deputado/Senador sabe que terá que “morar” em Brasília quando se candidata para estes cargos.

3º - Existem imóveis cedidos pelo governo para estes políticos.

4º - Eles ganham o suficiente para pagarem aluguel.

5º - Porque a família não se muda com eles para Brasília (é o que acontece na iniciativa privada com um executivo é transferido de cidade).

Não estou aqui falando “das outras viagens para o exterior de amigos, parentes e “demais”... , mesmo porque SOMOS NÓS QUE PAGAMOS A CONTA e merecemos no mínimo o respeito com os recursos públicos. Recursos estes “muito suados” e MUITO FISCALIZADOS. Ora, teremos o controle fiscal mais eficiente DO MUNDO (SPED), não temos o mesmo direito a CONTROLAR os gastos públicos?

Da mesma forma que o contribuinte é fiscalizado, ele deveria ter maior e melhor acesso aos gastos públicos, ou seja: TODO O CONTRIBUINTE DEVERIA SER O FISCAL DOS GASTOS PÚBLICOS, lembrando que direta e indiretamente, todo cidadão É CONTRIBUINTE.

Para “ele”, quem é empresário é DA ELITE. Está totalmente fora da realidade, é só levantar, sair nas ruas e ver as pequenas empresas, a MAIORIA tem faturamento menor que o(s) salário(s) DELE e ainda geram empregos e rendas para mais pessoas.

Quanto a “políticos” a pagarem passagens para LIDERES SINDICAIS, isto é o cúmulo.

“Nunca na história deste país” se viu TANTA FORÇA para estas entidades. Já escrevi e repito que NÃO EXISTEM ÓRGÃOS QUE CONTROLAM SINDICATOS, eles fazem e acontece e não são fiscalizados.

O empresário, contador E ATÉ O EMPREGADO, penam na mão dos Sindicatos. Arrecadam muito, tem sedes suntuosas (é só visitarem) e ainda “ganham passagens”? Eles têm recursos suficientes para pagarem suas passagens.

Já comentei que é a coisa mais fácil “montar um sindicato”, além de não ter controle algum. Peguem uma lista de telefone e vejam quantos sindicatos existem. É alto negócio e vai uma dica: VAMOS MONTAR SINDICATOS....

Continuem com “a farra”, uma hora o brasileiro vai se encher e CRIAR CORAGEM (é o que está faltando) e vocês vão ver manifestações nas ruas, na internet e NAS URNAS....



Era a indignação.



Moacyr Luiz da Silva

Microempresário em Colombo, estado do Paraná.



"A paciência em um homem é uma virtude. Em um povo é quase sempre uma covardia."

Provérbio Oriental

Anônimo disse...

è lamentável ouvir que esse tipo de coisa não é nada que inclusive o Presidente quando parlamentar também deue sua contribuição com passagens para terceiros, é lamentável constatar que nossos representantes não estão nem aí pelo bem Público..para essa e outras benesses de nossos representantes DINHEIRO TEM..PARA TRABALHADORES, APOSENTADOS E PENSIONISTAS. NÃO.NÃO TEM.NÃO TEM MESMO E DESSE JEITO NUNCA VAI TER...ABAIXO O FATOR PREVIDENCIARIO OU QUE SEJA INCLUIDO PARA TODOS INCLUSIVE NOSSOS REPRESENTANTES

Anônimo disse...

SÓ QUERIA QUE OS NOSSOS PARLAMENTARES POSSAM FAZER UMA MELHOR ANALISE DA IMPORTANCIA DO TRABALHO,DOS RISCOS,DA CORAGEM,DAS NOITES DE SONO PERDIDASE DAS CONDIÇOES DE TRABALHO E SALARIO EM QUE VIVEM OS POLICIAIS MILITARES DE TODO PAÍS.EU NAO ACREDITO QUE ELES NAO PAREM P VER QUE É IMPOSSIVEL VIVER DESSA FORMA,PRINCIPALMENTE COM PESSIMOS SALARIOS,POR QUE POSSO COMPARAR AS POLICIAS MILIATARES COM A FORÇA NACIONAL:A PRIMEIRA GANHA POUCO,TRABALHA MUITO,SÓ TEM TREINAMENTO,CURSO E CAPACITAÇAO AO INCORPORAR NA INSTITUICAO,DEPOIS É SÓ PRATICA NA RUA,NO DIA-DIA E COM ESSE SALARIO RUIM ELES RECORREM AOS(BICOS)COMO SAO CHAMADOS OS TRABALHOS PARALELOS DE POLICIAIS ATUANDO COMO SEGURANÇA DE EMPRESAS OU PARTICULAR,A SEGUNDA:RECEBE UMAS DIARIAS MENSAIS QUE PODEMOS COMPARA-LAS COM SALARIOS,DIARIAS ESTAS QUE CHEGAM A MEDIA DE QUATRO VEZES MAIS DO QUE O SALARIO DE UM SOLDADO DA POLICIA MILITAR DO PIAUÍ,ENTAO RACIOCINANDO:O POLICIAL VAI QUANDO É CONVOCADO PARA ATUAR EM MISSAO PELA FORÇA NACIONAL SE DEDICA O MAXIMO DE,NAO SE CORROMPE,ATUA DE MANEIRA PARCIAL OU SEJA ADIFERENÇA ESTÁ SOMENTE NS CONDIÇOES FINANCEIRAS.CONSIDERO ESSE O PRINCIPAL FATOR DOS PROBLEMAS OCASIONADOS DENTRO DAS POLICIAS.

Saul Carvalho de Freitas disse...

Os Parlamentares so sabem fazer uma coisa na gestão é legislar em causa propria so dão aumento a si proprio aumentão salarios e diaria passagens e outras mordomias e quem trabalhou para o Pais e se aposentou não tem direito a nada na opinião dos parlamentares que são muitos e so dão despesa para a união.

luiz disse...

pouco ou nada valerá externar toda minha repulsa e indignação pelo atual quadro politico brasileiro, a camarilha vai abafar e tudo continuará como está,mas nas urnas vou a forra.
g. de paiva.

Anônimo disse...

ESSAS PESSOAS ACHAM QUE O POVO EXISTE PARA QUE ELES TENHAM MORDOMIAS E PRIVILÉGIOS, QUE SUAS VITÓRIAS ELEITORAIS SÃO COMO UM PREMIO DA MEGA-SENA, FALAM EM VIAGENS A EUROPA COMO SE ISSO NÃO CUSTASSE NADA, NUM PAÍS ONDE HÁ FOME, MIZÉRIA, PROFESSORES MAL REMUNERADOS, POSTOS DE SAÚDE E HOSPITAIS ABANDONADOS POR FALTA DE RECURSOS, COM FILAS E ESPERAS INTERMINÁVEIS.É HORA DA SOCIEDADE BRASILEIRA DAR UM BASTA E ANÁLISAR A REAL NESSECIDADE DESSAS CASAS DE LEGISLADORES, ESSAS PESSOAS ESTÃO MUDANDO O SIGNIFICADO DA PALAVRA DEMOCRÁCIA, SE PREOCUPAM EM MANTER SEUS PREVILÉGIOS QUE EM PROMOVER AS MUDANÇAS QUE O PAÍS PRECISA PARA SER MAIS JUSTO.

Anônimo disse...

Anderson

Esses deputados deveriam votar projetos importantes como a PEC 300/2008 que equipara o salarios dos Policiais e Bombeiros, ultimamente estão votando pouco coisa de util e gastando muito.

Anônimo disse...

são ridiculas as argumentações dos deputados , principalmente os considerados do " baixo clero", que tiveram os seus momentos de glória aparecendo na mídia em rede nacional.
É por isto que não sobra dinheiro para as coisas essenciais para nós população, tais como : saude, educação , segurança, etc, etc. que são sempre os tópicos de toda campanha eleitoral desses mesmos srs.