Investigações sobre a Petrobrás criarão dificuldades para captação de recursos para exploração do pré-sal

Deu no...

The New York Times

As investigações sobre a Petrobras no Congresso brasileiro ameaçam complicar os esforços do governo de aumentar as suas receitas com os recursos dos novos campos de petróleo, afirma reportagem publicada ontem pelo jornal norte-americano The New York Times. Segundo o diário, “as investigações podem se mostrar um constrangimento para o governo de Lula, que quer modificar a legislação de petróleo para extrair uma porcentagem ainda maior de recursos das reservas em águas profundas”. A reportagem afirma ainda que a CPI pode prejudicar a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, escolhida por Lula como candidata à sucessão, já que ela é também presidente do conselho da companhia. O jornal diz que Lula, que já afirmou querer usar os recursos adicionais com o petróleo para estabelecer fundos para programas sociais, classificou a CPI de “irresponsável” e “não patriota”. A reportagem comenta ainda que o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, disse que as investigações têm motivação política e que podem afetar a imagem da companhia, mas que não prejudicarão os investimentos da empresa.

5 comentários:

edmundo disse...

Há Senadores da República que vivem de CPI. É o caso do Senador especializado em CPI,s - Alvaro Dias. Só vemos esse Senador, trabalhando quando é instalada alguma comissão de inquérito. Qual a lei criada por ele de importancia para os trabalhadores, para os aposentados? Agora ele quer crescer as custa da maior empresa desse País, que é orgulho de todos nós. Abaixo essa CPI! Cade o Ministro Guido Mantega, que não se impõe, e põe a CVM e o Ministério da Fazenda para Fiscalizar a Petrobras. Quanto aos Srs SENADORES, vamos aabrir uma CPI para dizer ao povo porque tantas Diretorias, porque tantos desmandos. Se não fiscalizam a casa deles, querem fiscalizar a PETROBRAS. Por favor sejam Patriotas, reduzam seus custos, e deixe nosso maior orgulho cresce em PAZ.

edmundo disse...

Engraçado esses SENADORES!

Não fiscalizam sua própria casa, com desmandos de Diretorias, tem mais Diretores do que a maior empresa do País.
Fazem o que querem com os gastos, e o povo só sabe dos desmandos quando há alguma denuncia.
Porque eles não criam uma CPI para fiscalizar o próprio SENADO.
Porque não definem um número de Diretoria no mesmo padrão de uma empresa.
Há Senadores que só trabalham em CPI,s é o caso do SENADOR "ALVARO CPI DIAS", só vemos esse Sr trabalhando em CPI,s.
SENADORES, deixe que a Secretaria da Fazenda e a CVM fiscalizem a PETROBRÁS, pois são órgãos preparados para tal.
Os Srs por favor, não interrompam as pautas, defendam o interessem do POVO.
As eleições estão chegando e com certeza dessa vez os Srs ficarão de fora. Essa será a vontade de DEUS que o povo atenderá!

Anônimo disse...

O PT e o Lula não têm moral para falar em patriotismo, honestidade. Partido e políticos safados e aproveitadores, exploradoras da pobreza e da ignorância que nunca ficarão preocupados com o Brasil. Na oposição o lema da cambada era “QUANTO PIOR MELHOR”. – Palavras do próprio Lula.

Anônimo disse...

O Lu(cha) e Dil(vez)devem ser retirados da vida pública junto com a caterva radical do PT pois, caso isso não aconteça teremos mais algumas décadas de militares pela frente. a pergunta que fica é a seguinte: O que é pior, ditadura de esquerda ou de direita? revisem a História e respondam

Anônimo disse...

Gostaria de pedir permissão ao sr. Edmundo que sugeriu uma CPI no Senado para sugerir que se faça também uma CPI na Câmara dos Deputados, que é outra vergonha para País. Com relação à CPI da Petrobrás entendo que a mesma tenha interesses políticos, entretanto, se há denúncias contra a empresa essas denúncia não só precisam mas devem e o governo federal tem a obrigação de investigar. Talvês não seja através de CPI mas de outra forma que não atinja politicamente a empresa. Deve-se lembrar que as denúncias partiram de órgãos como TCU, RF e Pol.Federal.