Aposentados lutam pela aprovação do PL 01/2007 que reajusta os benefícios previdenciários

cobap

Na próxima terça-feira, 30, a Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap) e entidades filiadas realizarão mais um manifesto pela inclusão na pauta e votação do projeto de lei 01/2007, que reajusta os benefícios previdenciários com o mesmo índice de reajuste do salário mínimo.

O projeto, que está pronto para ser votado no Plenário da Câmara dos Deputados, é considerado um dos mais polêmicos da atualidade.

O presidente da Cobap, Warley Martins Gonçalles, conta que o segmento estará no Congresso Nacional terça-feira para pressionar os líderes de partido manifestando-se com faixas, distribuição de panfletos, cartazes. “O presidente da Câmara, Michel Temer, prometeu colocar o PL 01/2007 em votação na próxima semana, mas temos que sensibilizar também as lideranças”, ressaltou. Os aposentados querem a aprovação do projeto antes do recesso parlamentar que ocorre em julho.

32 comentários:

Antonio D Agrella disse...

OS DEPUTADOS FEDERAIS, DEVEM PARAR DE ENGANAR OS VELHINHOS APOSENTADOS QUE SOFREM COM SEUS SALÁRIOS CORROIDOS AO TEMPO, E APROVAREM IMEDIATAMENTE ESSA LEI, QUE PODERÁ AJUDAR UM POUCO OS APOSENTADOS, PARA TER UMA VIDA UM POUCO DIGNA.

Anônimo disse...

Esses políticos so atrapalham a vida dos trabalhadores.Eles não trabalham, so pensam em ganhar dinheiro com falcatruas (com excessões lógico)e a politica brasileira vira uma muvuca de corrupção e as coisas que realmente precisam ser feitas e beneficiam a população ficam para trás ate cair esquecimento. Se o país tivesse uma postura mais rígida e buscasse de volta todo dinheiro público desviado , iria dar e sobrar para os reajustes dignos dos aposentados. Se o país tem situação difícil é por causa da corrupção e não por causa aposentados que ja contribuiram com sua parte para país.
Será que não vai ter uma criatura séria neste país para resolver essas questões com justiça?
Espero que sim.

Anônimo disse...

Uma revista de circulação nacional fez comentários sobre os danos que essas necessidades urgentes dos aposentados(revisão das aposentadorias) causaria aos cofres públicos. O mais interessante é que os dados não são os fornecidos pelo TCU, não considera o valores retirados e não repostos pelo governo da previdência, royalties de Itaipu(construida com dinheiro do contribuinte da previdência) pertencentes da previdência e sim retirados dos dados do governo que são(sem dúvida tendênciosos, para não dizer outra coisa)para sociedade ver e acreditar.Publicações assim comprometem a seriedade da mídia escrita. Esqueceram-se também de citar outros "déficit" provocados pelo governo(possivelmente por ignorância ou conveniência) em que a sociedade em geral não participa e também desconhece.Senhores da mídia deveriam se omitir quando o assunto é sério e desconhecem a realidade fática(só visar o ganho pela matéria prova a indole do jornalista).Lena

Anônimo disse...

Temer deveria envergonhar-se por ser manipulado desta maneira pelo executivo(que não quer a votação e aprovação) Atitudes como do Temer e outros parlamentares(que criam confusão e não riqueza para a nação) nos fazem pensar a razão de contribuirmos para a previdência e pagarmos impostos escandalosos, enquanto esses senhores tem aposentações de marajá, esquecendo-se que são e serão garantidos financeiramente pela miséria de quem pagou e está sendo confiscado, ou seja,trabalhou, pagou, correu riscos, criou riquezas.

Anônimo disse...

Sr. Michel Temer, por favor, coloque em votação e que cada um avaliem suas responsabilidades. Em 2010 cada um terá seu troco nas urnas. Será que o Sr. ainda não entendeu que o governo que está aí hoje, que no passado pensava muito, mas muito mesmo diferente e que hoje se esquece e não tem interesse nestes projetos? O Sr. não sabe ainda que as lideranças cumprem órdens do Sr. Lulalá? O problema é que a iniciativa não partiu dele e sim do Nobre Senador Paulo Paim. E oque ele (Lulalá)não faz para querer levar seus méritos? Se ele fizer esta justiça aos que tanto merecem, aqueles que pagaram por muito tempo, descontado em folha, outros pagando seus carnês com muitas dificuldades, daí sobrará menos dinheiro para mandar p/ o FMI, fazer bolsa família, salvar banqueiros, salvar montadoras e parcelar dívidas de prefeituras em 20 anos.E pergunto ainda. Qual governo que não procuraria argumentar que não tem dinheiro? Então está faltando mesmo é empenho e vontade política dos deputados em votar este PL, principalmente de V. Exa.em coloca-lo em pauta para discução. isto pelo menos V. Exa. já deveria ter feito e o resto deixe para que cada um decida, mas tem que desatar. Coloque o Projeto e que cada um tenha seu ponto de vista e votem com suas responsabilidades. O Projeto já foi demais discutido. Se fosse uma MP provisória que partisse do poderoso chefão, já teria sido aprovado e sancionado. Por aí se nota que o legislativo, hoje infelizmente está enfraquecido. Aonde está o vosso poder Deputados? Como vocês querem conquistar nossas confianças? Deste jeito? Nunca!!!!!!!!

Anônimo disse...

Fica claro que os aposentados brasileiros estão mesmos sem nenhuma seguridade, pois nem mesmo seus representantes apoiam suas reinvindicações para melhoria de seus benefícios que ao longo dos anos vão sendo achatados por inadimissíveis índices aplicados as aposentadorias.

Anônimo disse...

Tomara que os lideres tenham conciência da justiça que farão aos aposentados que ganham mais do que 1 Salário Mínimo que estão com uma perda de mais de 50% nos seus proventos desde que foi desvinculado os seus valores do Salário Mínimo.
Se o projeto fôr rejeitado, será como se fôsse decretada a morte de milhares de aposentados que não conseguirão sobreviver recebendo menos da metade do que teriam direito.

Anônimo disse...

Até quando meu Deus continuarão a impor este calvário a ex-trabalhadores, que por força da idade tiveram que se aposentar? Quando poderíamos estar desfrutando de uma velhice dígna, com razoável qualidade de vida, aparecem governantes insensíveis que não temem as leis divinas. Querem nos matar lentamente oh! associados do demo. Sai de retro satanaz!
Aposentado brasileiro.

Anônimo disse...

quando me aposentei, percebia valor correspondente a 8,5 salários mínimos. hoje, infelizmente, graças ao sr. Lula, não ganho mais que 4 salários minimos. pior que as doenças chegaram, os remédios são necessários, mas a renda, não permite sequer viver dignamente. viajar, lazer, nem pensar. não dá, não.
carlos a. stavis. curitiba

Maristela disse...

No dia marcado para a votação (30/06/09), ficaram horas legislando em causa própria. O que realmente era relevante (povo), não se preocuparam.
O problema é que a aposentadoria deles, não corre risco algum.

Marco disse...

Esses parlamentares, deputados e senadores são a vergonha da nação. Só votam em causa própria. Por muito menos, em outros Países, o Presidente do Senado já teria pedido demissão, no mínimo.É uma falta de vergonha, de lisura, de ética e de moral. Dizer que o governo não tem dinheiro para pagar os aposentados é no mínimo, uma desculpa esfarrapada no sentido de acatar ordens do governo para que possam ter o que querem. Cargos, posições, etc.
É UMA VERGONHA NACIONAL !

Anônimo disse...

É UMA VERGONHA NACIONAL ......PENSEM NOS IDOSOS APOSENTADOS QUE VCS TIRAM UM POUCO CADA ANO QUE PASS....MAS VAMOS LÁ ASSISTIR O CANAL DOA CAMARA DOS DEPUTADO E S DO SENADO ...VAMOS DAR O TROCO EM 2010;;;;;VIVEMOS INDIGNAMENTE....PENSEM NISSO...

Anônimo disse...

Acredito que os aposentados devem se reunir na próxima semana em Brasilia e engrossar o nosso clamor, exigindo os nossos direitos. Onde já se viu aposentar-se com dez salários mínimos ou menos e depois de dez anos termos uma redução para um salário mínimo. É uma verdadeira câmara de gás econômica, não temos dinheiro para os remédios, hospitais, comida, etc, etc..Os meios de comunicação divulgam corrupções, desvios e improbidades de todos os tipos, o dinheiro some, e vai para onde??? E as corrupções são provadas por videos, camâras, gravações, etc, etc..Vamos exigir o que é nosso por direito, chega do achacamento do Fator Previdenciário ou qualquer outra restrição ou limitante. Que o dinheiro de Previdência usado para construir Brasilia, e outros desvios seja devolvido aos Cofres Públicos. Bolsa para todos os excluídos mas não com o bolso do aposentado. Não estamos pedindo favores, estamos exigindo nossos direitos. Pagamos por isto, alguns mais de 35 anos. Devemos morrer trabalhando, o que é isto escravidão geriatrica??? Basta,chega, 22 milhões de aposentados, seus filhos, netos, esposas, filhas estarão se movimentando para terminar com esta senzala econômica, que é insustentável.
Valerio Amichetti - São Paulo-SP

Anônimo disse...

será que o SR deputados Não tem pai uma avó ou um avõ

Odlanier disse...

A T E N Ç Ã O:

O que mais leio sobre o aumento dígno e justo dos aposentados, é uma grande revolta contra os Deputados e o Governo Lula. Mais Srs. revoltados,
vamos nos REVOLTAR E TOMARMOS ATITUDES que está faltando nas instituições DEFENSORAS dos aposentados, ou seja, vamos divulgar SIGNIFICADO E O VALOR DO VOTO NULO, pois não adianta falar que o povo não votará nessa cambada se a legenda dos partidos os-elegerão tomando VOTOS dos insignificantes dentre êles.

Anônimo disse...

*www.escandalodomensalao.com.br*

Caros colegas aposentados.Não deixem de entrar no site acima para que possam ter um conhecimento mais profundo de quem nos governa.
Se fizermos uma avaliaçao do que está escrito veremos que nossas chances são muito pequenas pois o que pleiteamos será definido por pessoas, na sua maioria, sem nenhum sentimento,carater,dignidade,honestidade,etc.,etc.,etc.
Mas não podemos nos esquecer que o momento é este.Vamos pressionar,cobrar,ameaçar com nosso voto para as próximas eleiçoes pois isto é o que podemos fazer.
E.mail's,cartas,telegramas,telefonemas,abaixo assinado,recados,bilhetes,mensagens via celular,e se possível tentar mostrar a este povo que dá esta aprovação ao Lula, que amanhã serão eles os grandes prejudicados.Este governo é uma bomba de efeito retardado.

Acelia Maria Dorini disse...

Por favor, não coloquem meu comentário como de uma Anônima, afinal de contas Anônimo não é ninguém e eu sou uma Aposentada pleiteando meu direito.
“Anônimo disse...” que é isso povo de Deus, será que alguém vai dar importância ao comentário de um Anônimo?

“Gazeta do Povo
Economia
Quarta-feira, 01/07/2009
Preços
Inflação oficial soma 244% em 15 anos de Plano Real
Número foi calculado pelo IPCA. Pelo IGP-M, alta dos preços no período chega a 306,4%
01/07/2009 | 09:45 | Agência Brasil

Inflação oficial soma 244% em 15 anos de Plano Real
Número foi calculado pelo IPCA. Pelo IGP-M, alta dos preços no período chega a 306,4%.
Vendida a R$ 67,40 em julho de 1994 na capital paulista, a cesta básica hoje sai por R$ 227,36. Há 15 anos, consumir 6 quilos (kg) de pão por mês custava R$ 2,02 no Rio de Janeiro. Atualmente, a mesma quantidade sai por R$ 6,17. De R$ 0,43 também em julho de 1994, a cesta mensal de 12 kg de tomate saltou para R$ 2,43 em Recife. A moeda que nasceu para estabilizar a economia também sente o peso de inflação.
Desde o lançamento do real até esta quarta-feira (1º), quando o plano econômico completa 15 anos, a inflação acumulada é de 244,86%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial. Pelo Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), da Fundação Getulio Vargas (FGV), a alta nos preços foi ainda maior: 306,4%.”

E por aí segue... e não falaram do remédios!
E os aposentados, com mais de 1(um) salário mínimo, recebem 5% ao ano.

Srs. Deputados, Srs. Senadores e Sr. Presidente, vejam que notícia maravilhosa, pretendia tecer um comentário com relação à votação do PL-01/2007, mas diante diante de uma inflação tão pequena 244% e um aumento tão grande-5% ao ano que os aposentados com mais de 1(um) salário mínimo estão recebendo acredito que nem preciso sugerir para que os Sr. Deputados coloquem a mão na conciência com relação a votação do PL-01/2007, no dia 08 de julho de 2009.
Acelia Maria Dorini – Maringá - Paraná

Anônimo disse...

Os remédios aumentan. A aposentadoria diminui.
A saúde privada aumenta. A aposentadoria diminui
O custo de vida aumenta. A aposentadoria diminui
A saúde publica ta quebrada. E os aposentados tambem
Coitados dos aposentados Brasileiros que dependem de um gongresso falido, desatualizado, ultrapassado, burro e muito mal acessorado.
É uma pena. Só com uma reforma radical no congresso para ser possível vislumbrar alguma atitude honesta e correta a favor dos verdadeiros trabalhadores desse belíssimo Pais.
Que Deus nos abençoe porque se depender desse "homens" estamos fritos.
Dálton

Anônimo disse...

POR QUE O PEPE VARGAS NÃO ESCLARECE SE NO PARECER DELE SOBRE A QUEDA DO FATOR PREVIDENCIÁRIO ESTÁ COMTEMPLANDO QUELES QUE SE APOSENTARAM A PARTIR DE 1999 PARA CÁ? E O PAIM PORQUE NÃO FALA NO ASSUNTO? POR QUE SERÁ?
SERGIO RODRIGUES
PORTO ALEGRE

Anônimo disse...

Dados da RECEITA FEDERAL: O INSS NÃO TEM "déficit". Vejam abaixo(de 4 a 7)
4. Saldo Previdenciário (Arrec. Líquida – Benefícios do RGPS):36.206.742 - 2.863.312 -2.177.311 -4.060.297 -7.416.506 -1.909.183 -4.224.732 1 .737.462 -6.337.726 -2.587.219 -3.130.646 -3.099.357 -2.739.735 - 38.808.562
5. Saldo Arrecadação Líquida – Total de Benefícios Pagos:53.260.835 - 4.510.053 -3.635.215 -5.481.550 -8.872.733 -3.349.659 -5.675.522 2 74.375 -7.793.517 -4.121.837 -4.810.360 -4.746.102 -4.392.119 - 57.114.291
6. Saldo Operacional (Recebimento Total - Pagamento Total): 896.819 3.118.941 2.823.545 -5.198.871 -1.558.492 2 .778.224 - 177.539 -4.769.968 1 .921.378 1.217.606 - 299.880 -1.194.505 -1.351.577 - 2.691.138
7. Saldo Final mês maio/2009($ mil.): 3.257.980 (SALDO POSITIVO)
O "déficit" da Previdência Pública é superior a 37 bilhões. Lula que nos "passar a perna".

Odlanier disse...

A T E N Ç Ã O:

Srs. Aposentados, sou aposentado também e infelizmente não tenho condições de estar em Brasília no dia em que for colocado em pauta o PL
01/2007, mais estarei torcendo para todos os aposentados que puderem estar em Brasília lutando em favor do PL 01/2007.
Mais diante das circunstâncias, eu sugiro as INSTITUIÇÕES defensoras dos aposentados tais como: ASAPREV, COBAP, FAAP E SINDNAP que estendam
uma faixa dentro e fora da Câmara no dia da votação do PL 01/2007 com os seguintes dizeres: "EXMO. SRS. DEPUTADOS CASO O PL 01/2007
NÃO SEJA APROVADO PELOS SRS. NÓS APOSENTADOS JUNTAMENTE COM NOSSOS FILHOS, NETOS, AMIGOS, VIZINHOS DENTRE OUTROS, VAMOS VOTAR NULO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES" - "FORA PT, PSDB e PMDB".
Podem ter a certeza de que a maioria ficarão preocupados, principalmente se a imprensa divulgar as faixas.
No meu entender, as instituições defensoras dos aposentados estão se comportando com muita TIMIDEZ perante aos "DONOS DA VERDADES"

jose nogueira da cunha disse...

Os comentários inseridos das mais variadas tendências ou razões, sobre defasagem de cálculo sobre aposentdorias do I.N.S.S.é válido e coerente; Entretanto,vénia,não será esse o caminho próspero;O político não é sensível a direitos,ou reposições de classes, sem grande expressão política;Por outra banda,uma medida judicial em litisconsortes,pleiteando o direito,ao estado de direito,seria o mais eficiente caminho,para exigir direitos usurpados por medidas arbitrárias e atentatórias,previstas na Carta Magna,assim penso!...

Anônimo disse...

O Brasil vive um estelionato trabalhista. Contribue-se 30 ou trinta e cinco anos, trabalhando 40 horas semanais,e, ao se aposentar recebe uma merreca, enquanto que de putados, senadores após 2 legislaturas trabalhando de 3ª a 5ª, sem compromisso de trabalho, pois apresentam projetos que ficam engavetados,quando não, nos discursos vagos, aposentam-se com salários integrais e astronômicos.

Suely disse...

Oi Pessoal vamos continuar na luta, emails e telefonemas para os deputados.

Anônimo disse...

estou gostando amigos aposentados vamos as ruas
divulgar a todos os brasileiros as atitudes dos
nosssos nobres deputados.
precisamos usar a cidadania e por em pratica o
HINO NACIONAL e suas palavras.
BRAVA GENTE VARONIL

Anônimo disse...

parabéns - vamos a luta - os idosos precisam
samuel
teresopolis

Donizetti disse...

FICO PENSANDO SE NA HORA QUE OS PARLAMENTARES SENTAM EM SUAS MESAS DE JANTAR EM SUAS CASAS, ELES PENSAM NOS APOSENTADOS. ACHO QUE NAO, POIS SE PENSSAEM NAO CONSEGUIRIAM COMER.

Donizetti disse...

acho dificil um politico pensar nos aposentados, pra que pensar já estao no local que queriam, pois lá podem fazer a farra do boi.

Anônimo disse...

A defasagem do salário dos Aposentados é muito alta, cada ano que passa estamos perdendo parte do nosso dinheiro. O Governo tem que entender de que terão que fazer um teto máximo também para os funcionários públicos de todos os setores, quer sejam municipais, estaduais ou federais, incluindo todos os poderes, o que em nosso entendimento seria normal. Acabar com os fundos de pensão das estatais e também cortar as pensões vitalícias que ainda existem. Daí poderemos dizer que está havendo uma certa justiça para todos.

Anônimo disse...

O Presidente que tem duas aposentadoria poderia limitar o teto de todos os funcionários públicos de todos os órgãos executivos, legislativos e judiciarios. E acabar com os fundos de pensão e também as famigeradas pensões vitalícias. Daí sobraria dinheiro para tentar haver mais paridade entre os aposentados e pensionista do Inss e dos outros setores.

Adão Pereira-Birigui-sp disse...

...No meu entender, nós aposentados e pensionistas, temos que ir logo pra rua. Os depudados federais da base do Governo estão com medo de se manifestar...principalmente os Lideres partidariois. Como sugestão, as Entidades Sindicais terão que se unirem, e fazer uma grande assembleia com os Aposentados e Pensionista, convocando toda a sociedade ao par de toda a situação. Não tenho dinheiro, para assumir. Mais ten coragem e vontade de ajudar na organização.

Antonio disse...

TODOS OS APOSENTADOS DEVEM CONTAR SOBRE SEU SOFRIMENTO AOS SEUS PARENTES E AMIGOS.


PEDIR QUE VOTEM NO GOVERNO.
]
ELES MERECEM NOSSO VOTO...SÓ QUE NÃO TEM NEM COMHECEM NINGUEM APOSENTADO...