A carta do Mendonça sobre o discurso do Sarney

Congresso Brasileiro
REF: DISCURSO DO SIR NEI & CRISE DO SENADO

Sir Nei, ouvi quase todo seu discurso hoje na tribuna do Senado.
Tenho diversos LAMENTOS a respeito:
a)Terminou seu discurso e não cedeu apartes (???)...
b)Você menoscabou a nossa sensibilidade e nosso entendimento;
c)Seu discurso foi quase PATÉTICO (FALTARAM AS LÁGRIMAS.)
Primeiramente “tirou defunto de cova” lembrando seu passado na luta contra o AI-5, etc etc etc...
Depois culpa todo o SENADO pelos escândalos que vieram à luz.
Então (pelo DESPREZO que oferece ao eleitor contribuinte) você diz que não SABE DE NADA (refrão do chefe do Executivo).
Irei refrescar sua memória: você tem um NETO e SOBRINHA nomeados junto aos seus PARES... Você não sabia que seu neto tomava café com o Cafeteira (!!!???). Ele é seu neto!!!! E você não sabia de nada....
Sua sobrinha (por parte de sua cara metade) também recebia as benesses junto de um colega seu e você não sabia!!!
Agora você anunciou um corte retumbante de despesas aí no Senado com corte de Diretoria ali, Diretoria acolá; corte de “ASPONI” ali, etc etc etc...
Você, em altos brados, tornou-se o Salvador do Senado e ainda quer mais medidas para continuar SALVANDO o Seu SENADO... É um verdadeiro discurso de palanque...
Mas você se esqueceu de conferir seu saldo bancário e ali não percebia a VERBA DE MORADIA que você não pediu... Eram (não são mais) R$3.800,00 por mês e você não sabia que lhe era creditado.... Belo controle que mantém de sua conta bancário e agora você vem querendo controlar o conta do Senado???!!!...
Sir Nei, tenho me dirigido em diversas oportunidades ao Congresso Brasileiro. Eu acredito que você não tenha lido nenhuma delas.
Temos exortado este Congresso que a Justiça Divina é infalível. Nós, seres humanos somos falíveis... Mas ainda é tempo...
Errar é humano, mas reconhecer é uma virtude, diz o adágio popular.
Acredito que ficamos livres de cobranças se admitirmos nossos erros e nos responsabilizarmos por eles (temos que pagar a conta!!!)...
Sir Nei, pague a conta, reconsidere suas posições por que ainda é tempo...
Eu tinha prometido, ontem, que não iria me dirigir mais a este Congresso, mas à tarde quando o ouvi no rádio tive vontade de lhe escrever o que acabo de efetuar...
Estamos numa escola chamada TERRA e todos nós de PASSAGEM...
Que Deus nos ilumine...
Mendonça

2 comentários:

Mara disse...

Foi patético o discurso do senador sarney. Sua dramatização e "súplica" exigindo respeito pela sua vida pública, lembrou-me o artigo do Alberto dines, sobre o haraquiri do senado. O jornalista, que muito conhece o passado e a historia do nosso pais, qualifica o sarney como lider civil da ditadura militar.

Seu estado é um dos mais pobres e explorado do Brasil. O povo tem uma das piores qualidades de vida.. sua familia perpetua-se há anos no poder.. estadual e federal.. as denuncias se sucedem e nada se resolve.. o senado é uma vergonha. Em 2010, Nâo reeleja ninguém.. esta campanha já pegou.. vamos passar este congresso a limpo..escolha um novo candidato com responsabilidade e cidadania. Mas vamos limpar este congresso.. as reformas nunca acontecerão enquanto esta turma estiver no poder... é uma vergonha.

Jane Mary Laus Vahldick Cechett disse...

Prezado e Ilustríssimo Sr. Mendonça,
Parabéns!
Concordo em gênero, número e grau com o seu posicionamento. Como sempre digo: "Deus nos deu inteligência, usa quem quer." O Sir Nei, tenta subestimar a nossa capacidade de raciocínio, com subterfúgios, desdenha, antagonismo e cegueira diante de sua arrogância. Se fosse tão bom político, como se intitula, o Senado não estaria como está.
"Errar é humano, mas persistir no erro, é ser conivente."
Dignidade, honra, nobreza de caráter, é ter competência e hombridade para reconhecer os erros e corrigí-los.
Tenho dito.
Forte abraço
JaneMLVC - BNU/SC