Brasil: um país para poucos

A entrevista abaixo (1, 2) revolve uma velha frase que teria sido dita por um dos homens mais importantes do século passado.
Em visita oficial ao Brasil, o líder supremo da resistência francesa, tascou: "Esse país não é sério".

Ao vencido, ódio ou compaixão; ao vencedor, as batatas.
Machado de Assis.


Tem coisas que ficam para a posteridade.

Nenhum comentário: