Articulação nacional para resolver o impasse ente governo e aposentados

As proposições de apoio ganham força neste final de semana em todo o Brasil, com atenção redobrada em Brasília (DF) para a reunião agendada para amanhã na Capital Federal entre o Grupo de Trabalho Extraparlamentar e o Governo para definir o futuro da política aos aposentados e pensionistas do Brasil.

Enquanto isso, foi sugerido a formação de uma Frente em Defesa de Aposentados e Pensionistas em Caxias do Sul, no Rio Grande.


A Câmara de Caxias do Sul aprovou requerimento de Pedro Incerti que requisita a formação de esforços dos parlamentares daquele município em defesa dos interesses da categoria.

A criação de tal frente teria que ganhar o país.

Incerti: “São perdas de 15 anos”

A Câmara aprovou requerimento de autoria do Vereador Pedro Incerti (PDT) que pede a criação de uma Frente Parlamentar em defesa dos aposentados e pensionistas da Previdência Social, com duração até 31 de dezembro de 2009.

O Vereador destaca que os aposentados estão enfrentando dificuldades devido ao valor dos benefícios, mesmo diante da Constituição que determina a irredutibilidade do valor do benefício previdenciário. Incerti salienta ainda, que as práticas do Governo Federal são injustas, especialmente em relação ao tratamento dispensado aos segurados que esperam até de madrugada por atendimento, ou para agendar seus pedidos.

Prejuízo
Incerti lembra que “o prejuízo é grande, são perdas de 15 anos. No decorrer dos anos vai ter que existir um mecanismo de reposição, terá que ter um acompanhamento constante.” Segundo o pedetista, outro problema é o crédito consignado que, criado pelo Governo Federal, beneficia bancos e cria dificuldades diante dos juros abusivos praticados por financeiras.

Regulamentação
A Frente Parlamentar servirá, também, para acompanhar os projetos de autoria do Senador caxiense Paulo Paim (PT), defensor da extinção do fator previdenciário. A Frente não será de acordo com o critério de proporcionalidade das bancadas, mas respeitará o interesse dos vereadores em participar. Como não há previsão de Frente no regimento interno, haverá a regulamentação por meio de um projeto de resolução.

Fator Previdenciário motiva discussão
O tema levantado por Incerti que afirmou que “nossos aposentados estão perdendo o poder aquisitivo. Deve haver um compromisso do governo federal no sentido de repor as perdas salariais dos aposentados”, motivou debate na Câmara.

Crime
O comunista do Brasil, Assis Mello, destacou a luta das centrais sindicais e da mobilização que tratou do assunto. Assis alerta que o governo está tentando negociar o fator previdenciário em troca da redução da jornada de trabalho. “Precisamos ficar vigilantes e continuar a luta. Precisamos acabar com o fator previdenciário. Isso é uma tentativa de vender gato por lebre. Sou daqueles que quer uma sociedade que avance e vá para frente. O fator previdenciário hoje é um crime em cima dos trabalhadores”.

Irresponsáveis
Ana Corso (PT) acredita que as pessoas não podem ser irresponsáveis e deixar essa situação que sacrifica o governo, que está fazendo um grande esforço. “O fator previdenciário vai acabar e vai ser usado para aumentar as aposentadorias, vai ter ganho real. O nosso governo foi o que mais beneficiou os aposentados, destacou. Rodrigo Beltrão (PT) afirmou que não há perda dos direitos. “Não está em debate nenhuma possibilidade de perda de direitos” disse.

Avanço
Marcos Daneluz (PT) acusa que tem muitos aposentados mal informados achando que com a derrubada do fator previdenciário irá resolver uma série de problemas históricos. “Não acredito que o governo Lula fosse negar se tivesse possibilidade de aumento dos aposentados. A proposta que está sendo montada representa um grande avanço.”

Saudade
Mauro Pereira (PMDB) disse que a “'bola' está nos pés do Deputado Pepe Vargas/PT. O que esta Casa espera é que ele faça de tudo para melhorar a vida dos aposentados”. O Presidente da Câmara, Édio Elói Frizzo(PSB) ressaltou que tem saudades do tempo de luta do PT, que não tinha por hábito empurrar suas responsabilidades. “Reconhecemos que esse governo fez grandes coisas para esse país, mas no fator previdenciário, a base do governo Lula está capitulando e negando seu discurso”.

Cursinho
“Para fazer o cálculo da aposentadoria através do fator previdenciário precisa fazer um cursinho. Quando é do lado do trabalhador é uma série de complicações, afirmou Pedro Incerti (PDT).

-------------------

Comentário do blog: Este espaço não cansará de bater numa única tecla sobre esse assunto:

- Os aposentados e pensionistas não podem esperar por migalhas de ninguem. É ir à luta ou conformar-se com a derrota total.

"A hora é agora. O momento, Já!", é o lema do blog.

16 comentários:

Anônimo disse...

Marcos Deneluz está tentando enganar. Ora, se a previdência geral é tão interessante, por qual razão os parlamentares criaram uma previdência própria(regime próprio)? O governo só lembra do setor privado quando quer trabalho, aumentar riquezas, aumentar arrecadação e se locupletar com a contribuições do Cofins e CSLL criadas com fim específico(INSS. O governo só cria leis para a iniciativa privada ele, o governo, não respeita aquilo que dita/cria.

Anônimo disse...

Essa é a situação de um aposentado Brasileiro que Castigado pelo furto praticado em seus salarios de aposentado foi forçado a arranjar uma atividade ocupacional na Prefeitura de sua cidade e denunciado por canalhas ligados ao PT.
Esse aposentado somente tem 73 anos de idade e quando aposentou recebia 7.35 SM para se sustentar e sustentar sua esposa também cardiaca.
E logicp que ´para os politicos como Presidente da Republica, Deputados e Vereadores aposentados por invalides a lei não vale e não é praticada. Como exemplo temos o presidente que recebe pensão abastada e aida seu salario de mandatario da Nação.
Temos e que nos articularmos para acabar com esses tipo na politica Nacional. Viva O Brasil

ANTONIO RANAURO SOARES
DEMONSTRATIVO DO COMPROMETIMENTO DE SUA UNICA RENDA

Valor do Beneficio (Aposentadoria por
Invalidez).....................................R$ 1.660,58

Pensão Alimentícia..........................................................R$ 697,50

Empréstimo Consignado................................................R$ 184,08

Cartão INSS Consignado...............................................R$ 94,44

Consignação INSS..........................................................R$ 498,17

Total dos Descontos......................................................................................R$ 1.474,19

Saldo .............................................................................................................R$ 186,39

O saldo e para fazer frente as seguintes despesas:

Plano de Saúde.................................................R$ 215,97

Conta de Água..................................................R$ 20,25

Conta de Luz....................................................R$ 81,79

Conta de Telefone............................................R$ 100,43

Medicamentos de Uso Constante do Casal....R$ 100,00

Total das Despesas............................................................................................R$ 518,44


Observação:

Parte destas despesas eram custeadas pelo meu filho Frank Diniz Pontes Ranauro Soares que hoje esta impossibilitado de faze-lo, pois está acometido de Meleoma Múltiplo fazendo Quimioterapia em preparo para o nTransplante de Medula Óssea.

Anônimo disse...

Ana Corso chama o cidadão comum de irresponsavel! Porque ela não olha para dentro de seu proprio partido? Quando Lula deixar de ser Presidente da Republica ele terá no minimo 2 aposentadorias, ou abrirá mão de alguma? Ele faz junto com sua esposa check-up no INCOR, os politicos se tratam no Sirio Libanes, INCOR ,entre outros e o povo se trata aonde se não tem um plano de previdencia privada vitalicio?Querem um novo imposto, para que?Para o povo nada vem ou vem pouco, mas em verba paleto, passagens aereas, contas de celular,salario...nunca vi, nenhuma dessas pessoas tão incomuns, deixarem a boa vida de discurso aqui e ali e realmente fazer algo pelo cidadão!Vejo apenas conchavos, renuncia da renuncia irrevogavel, vejo com asco dois ex-presidentes da Republica e um ex-presidente do senado de conluio!Vejo suplente do suplente tomar atitudes, descabidas!Como é que pode! Aos amigos, nem amigos são! São interesses e isso não é politica isso tem outro nome!

Anônimo disse...

EU NAO SEI O QUE O GOVERNO PENSA, SERÁ QUE ELE ACHA QQUE NAO DANDO ESSE AUMENTO PROS APOSENTADOS VAI MELHORAR AVIDA DOS APOSENTADOS, É ACHO QUE SIM É UMA FORMA DE POUPANÇA, NAO GANHANDO O AUMENTO NAO GASTA A APOSENTADORIA

Anônimo disse...

LULA e seu PT deveriam tratar os aposentados com mais respeito. Os milhões de pensionstas e aposentados não têm só os seus votos, muitas vezes deles dependem esposas filhos netos sobrinhos e até amigos, que estão compartilhando da luta pela moralização das aposentadorias. O prejuízo é grande! Estes milhões de votos poderão fazer muita falta na eleição de 2010.
LEMBREM-SE QUE DAVI DERRUBOU GOLIAS.

Anônimo disse...

Todos terão a resposta nas urnas.
Noa aguarde. temos tempo para sair as ruas e fazer campanha política contra ou a favor. nos aguarde!

João Guilherme disse...

Com certeza as mentiras que o Lula falou quando candidato, vão ser lembradas pelos aposentados nas eleições do ano que vem, a principal delas é aquela da entrevista para o SBT nas eleições de 1989, quando se referiu sobre seus planos para os aposentados, que estava enviando o projeto para Câmara, porque ele queria ver os aposentados brasileiros iguais aos aposentados europeus, que podiam viajar, passear.
Mas o que ele fez, criou essa política diferenciada do reajuste das aposentadoria, o fator previdenciário mutilou os aposentados e ele não satisfeito, está ajudando enterrar.
O que está se vendo, não só os aposentados, mas está havendo um consenso geral em cima dessa causa dos aposentados.

Cida disse...

Não entendi a postagem comentário denominado "AVANÇO", "IRRESPONSÁVEL", acho que esta defendendo o governo.
Que falta de noção. Não devem saber nada sobre aposenadoria e fator previdenciario.
Esse fator então, é um abuso, um roubo. Eu por exemplo, tive uma perda de mais 40% média quando fui aposentar. Isso é justo? Depois de mais 30 anos de trabalho.
Tem que acabar mesmo com esse fator o mais rápido possível e o governo devolver a dignidade para os aposentados.

Anônimo disse...

Já que o governo pensa em MASSACRAR mas uma vez os aposentados.Só que agora é diferente temos o controle nas mãos porque vem aí as eleições.Só para alertar os aposentados.Somos hoje 25 milhões de aposentados, se contarmos com 2 votos de cada familiar.chegaremos a 75 milhões de eleitores.Dá para eleger um representante com compromisso sério aos intresses dos aposentados.Vamos pensar direito e nada de cair nessa de imposição do governo.Quem tem que impor somos nós aposentados.Olha o VOTO.

samuel disse...

É HORA DE SE DAR UM BASTA NESSA SITUAÇÃO IRRESPONSÁVEL CRIADA PELOS POLITICOS PETISTAS PARA ATRAVANCAR A VIDA DO APOSENTADO - Marcos Deneluz está deveras equivocado no instante em que fere principios de direito. Desprovido de qualquer sensibilidade ética e ´politica tenta criar barreiras que irão ferí-lo nas urnas por mnilhões de aposentados que um dia sonharam com uma vida digna e hoje estão recebendo valores achatados que não se coadunam com o que construiram - o governo e seus comparsas mentem ao declinar indices imorais - o aposentado gasta só com remédio 40% do que ganha para continuar vivendo sem se falar na dignidade da familia que cerciados por politicos irresponsáveis que só olham para dentro de sí.
samuel

samuel disse...

parabéns Antonio - lembras-te bem que Davi derrubou Golias - somos milhões e estamos interligados em unissonos nos mais dignos interesses de nossa classe - somos uma massa e poderemos fazer falta nas eleições que se aproximam - vamos cerrar fileira em torno de todos aqueles que, com amor dentro do coração, saberão entender as nossas necessidades - vamos convocar a imprensa a declinar nomes - vamos nos unir - vamos enfrentar essas feras que pensam nos encolir - A NOSSA LUTA É A LUTA PELA MORALIZAÇÃO DE NOSSOS MAIS SUBLIMES DIREITOS - o aposentado precisa continuar vivendo - o aposentado ´e um cidadão, merece respeito, construiu esse Brasil e quer de volta o reconhecimento dos seus valores. SSMUEL FÉO CLAUSSEN

Anônimo disse...

A T E N Ç Ã O:

Na minha opinião a coisa está toda arrumada entre os NEGOCIADORES, DEPUTADOS e O GOVERNO, na verdade o
palco tá montado e nós aposentados e pensionistas do INSS somos a platéia pra assistir o que segue:

1 - Se os PLs forem para a Câmara pra serem VOTADOS e os DEPUTADOS VOTAREM CONTRA os aposentados e pensionistas, com certeza êles sofrerão as consequências nas eleições de 2010.

2 - Se os PLs forem para a Câmara pra serem VOTADOS e os DEPUTADOS VOTAREM A FAVOR dos aposentados e pensionistas, com certeza o GOVERNO LULA irá VETAR e sofrer as consequências nas eleições de 2010.

3 - Entre os DEPUTADOS e O GOVERNO LULA estão os NEGOCIADORES que irão amenizar a situação dos Deputados e do Governo, trazendo pra si as responsabilidade do FRACASSO os quais nada sofrerão, muito pelo contrário, só sairão ganhando.

4 - Portanto, todos saírão ganhando com o CIRCO ARMADO menos os aposentados e pensionistas do INSS e os Trabalhadores da ativa que poderão ser os aposentados de amanhã.

Anônimo disse...

É bem verdade e todos sabem: quando se trata do interesse justo da população, neste caso, os aposentados, este governo está de costas e desconversa e faz de conta que está fazendo algo a favor. Até quando vai esse mundo de injustiças e falcatruas. O que esse governico faz é tão somente negociatas a seu favor e beneficio. Precisamos nesse país uma democracia, ou melhor, uma ditadura séria, pois o que está aí, um oligopólio, piorar é impossível.
Gente do Brasil, precisamos de uma união nacional contra essa pilantragem geral no governo que finge governar.
Jose Antonio, um aposentado dentre os 25 milhoes injustiçados e esquecidos.

Anônimo disse...

Dizem que temos o trunfo das eleiçoes proximas. Ora, elejem quem?
Outro grupo de ávidos pelo poder para benefício próprio??
O que adianta eleições com cartas marcadas???
Vamos se ligar, gente, caem no mundo real. Estamos no Brasil baronil.

jair souza cardoso disse...

SE OS APOSENTADOS/PARENTES/AMIGOS.. FORMAREM UM FRENTE DE AMBITO NACIONAL...AMEAÇANDO TODO ESTES POLITICOS.QUE SEUS PROXIMOS VOTOS SERÃO NULOS...QUERO VER O QUE RESPONDERÃO A ESTA GRANDE NAÇÃO DE APOSENTADOS QUE ESTA MENDIGANDO SEUS DIREITOS JÁ ADQUIRIDOS...INCLUSIVE POR LEIS DAS CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA..

luis antonio disse...

eu governaria melhor do que o lula,
alias,não é nhnhum merito,pois pior
do que ele só ele mesmo.