O quê os aposentados querem na reunião de segunda-feira, 24/08?

O senador Paulo Paim (PT-RS), perguntou aos aposentados o quê eles querem que se acerte com o governo na próxima segunda-feira, 24, e lançou a seguinte Enquete (ver abaixo), explicando, ainda, como foi a última e fracassada reunião sobre o tema.

Na reunião do dia 12/08 entre Governo, Cobap, Centrais e Confederações, a proposta apresentada foi a seguinte:

1 - As entidades representativas aceitariam que o projeto que recupera os benefícios dos aposentados e pensionistas pelo número de salários mínimos (PL 4434/2008), fosse rejeitado;

2 - Aceitariam a manutenção do veto ao PLV 18/2006 de 16,65%;

3 - A partir da aceitação desses dois pontos, o governo apresentaria uma proposta alternativa ao PL 1/2007 (que concede o mesmo percentual de reajuste dado ao mínimo). A opção do governo seria conceder, em 2010, um percentual de reajuste real para os benefícios acima do salário mínimo;

4 – O governo apresentaria também uma proposta para substituir o Fator Previdenciário (PL 3299/2008) baseada na Fórmula 85/95;

Em razão do adiamento da reunião, a enquete terá seu prazo prorrogado até a próxima segunda-feira (24), data do encontro. Seu voto é fundamental, por isso deixe-o registrado aqui e na página da Cobap (http://cobap.maquinaweb.com.br/capa/default.asp).

Queremos ouvir você. A decisão final será sua.
Por favor, vote e se desejar deixe seu comentário !!

Você concorda com os termos da negociação?

Sim, concordo com os termos dessa negociação.

Não, quero que as propostas sejam votadas com voto aberto em Plenário.


Este blog gostaria de saber a opinião dos aposentados em nova enquete com três perguntas que o leitor (a) pode votar ai ao lado, na Coluna da direita do blog.

15 comentários:

Anônimo disse...

Não se pode confiar neste governo. O Congresso tem de rejeitar o veto ao projeto de lei que recompõe o valor das aposentadorias ao valor inicial em Salários Mínimos. E depois ainda vamos ter de lutar para que este valor não seja depreciado todo ano como tem sido nos últimos anos.
Léo Fabiano Baur Reis Engenheiro Civil CPF 011 640 667 - 49

odoaldo disse...

Os aposentados e pensionistas querem, além de respeito, que o governo pague o que lhes deve. São simplesmente 105,8% de defasagem nos benefícios desde 1991. Nós não estamos pedindo "esmola" e nem favor. O que queremos é a retribuição daquilo para o qual nós contribuimos durante toda a nossa vida, acreditando que o governo iria honrar o compromisso CONSTITUCIONAL. NÃO TEM QUE NEGOCIAR coisa nenhuma. Chega de enganação desse governo que só quer votos e se perpetuar no governo. O PTpb/Partido Traidor do Povo Brasileiro, é a maior enganação. Depois dos episódios na Comissão de Ética no Senado, ele tirou a máscara. QUE VERGONHA! a A COBAP tem que encerrar essas "negociações" e partir para o Presidente da Câmara dos Deputados, exigindo que os Projetos sejam levados à votação. Os Deputados que votarem contra os aposentados e pensionistas, que se expliquem depois para os seus eleitores. Nós vamos fazer a maior campanha contra esses traidores. NÃO VAMOS DEIXAR BARATO. SE VOTAREM CONTRA, TERÃO A NOSSA RESPOSTA EM 2010.
Odoaldo Vasconcelos Passos
Aposentado/Belém-PA

Anônimo disse...

Cuidado com as posições dos
SINDICATOS e COBAP.Sobre a COBAP tenho dúvidas sobre sua posição.Sobre os SINDICATOS tenho certeza:são todos PETISTAS portanto não tem isenção para propor nada para os aposentados pois fazem o que o Lula MANDA.
O que os aposentados querem é correção da aposentadoria de acordo salário mínimo, ou seja, reajuste igual para todos (PROJETO 01/2007),fim do fator previdenciário (PROJETO 3299/08)e aprovação do PROJETO 4434/08 que cria o índice de correção previdenciária para garantir o reajuste.
Já foram feitas várias e várias reuniões com os deputados do Lula e a cada uma eles criam um obstáculo para fazer outra.
Coloquem em votação no plenário da CAMARA e vamos ver como fica.
CHEGA DE ENROLAÇÃO.
Tenho certeza de que o Lula, a Dilma, o PT e seus deputados terão um acero de contas com os aposentados nas próximas eleições.

Anônimo disse...

Negociar com o governo? Negociar com um governo que governa de costas para o povo? e, considera os aposentados um estorvo e cidadão de segunda categoria já que o reajuste de seus proventos são inferiores aos trabalhadores da ativa...? Não temos que negociar nada. Os projetos do Paim devem ser aprovados pela Câmara, pois dinheiro há de sobra, haja vista os desvios bilionários neste país da maracutaia legal.
2010 está para os traidores.

Edson Cardin disse...

Fui surrupiado
Paquei para o INSS sobre 20 salários, sobre 15 e sobre 10; recebo 4 salários e paguei um fundo de pensão por mais de 20 Anos, chamado Aerus, que também foi surrupiado por este Governo do PT;Partido das Trapalhadas,e Partido dos Trairas.Em 2010 vamos dar o TROCO nas URNAS, mandar este Partido PT para a POEIRA.
Edson Cardin
Aeronauta/Aposentado
Rio de Janeiro (RJ)

samuel disse...

recusar a tudo pedindo sejam os projetos votados na forma de direito - o aposentado está cansado de erros, indices inflacionários irreais montados e perdas irrecuperáveis - vamos policiar as votações e responder nas urnas com o nosso voto - samuel

samuel disse...

o que os aposentados querem na reunião de segunda-feira, 14?08? - a resposta é simples - DIGNIDADE E JUSTIÇA. chega de promessas irresponsáveis que só nos levam a derrota de nossos valores - fomos quem construiu o Brasil que hoje eles governam - vamos dar a resposta na urna apoiando os que se solidarizarem com os nossos interesses - VOTAÇÃO DAS PROPOSTAS URGENTE.

abreu disse...

OS APOSENTADOS QUEREM CERTAMENTE TER OA DEVIDA CORREÇÂO DO SEU BENEFÍCIO, POIS COMO DEMOSTRA A REPORTAGEM ABAIXO DA HÁ MUITO SOMOS TAPEADOS

EIS AÍ MAIS UM PROTETOR DOS POBRES APOSENTADOS (fernandinho ?)pensar pô. QUERES TUDO MASTIGADO ?

Aconteceu - 21/08/2009 16h48
Seguridade aprova inclusão de idoso em cooperativa social
J. Batista

Henrique Afonso: medida já constava de um projeto de 1994 aprovado na Câmara.
A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou na última quarta-feira (19) o Projeto de Lei 1931/07, da deputada Janete Rocha Pietá (PT-SP), que inclui as pessoas com 60 anos ou mais entre os beneficiários das cooperativas sociais.

Essa modalidade de cooperativa foi criada pela Lei 9.867/99 com o objetivo de oferecer trabalho aos cidadãos que se encontram em desvantagem no mercado econômico, como deficientes; condenados cumprindo penas em liberdade e egressos de prisões; pessoas tratadas por problemas psiquiátricos ou dependência química; e adolescentes em situação familiar considerada difícil.

Veto a idosos
O relator da proposta, deputado Henrique Afonso (PT-AC), lembra que a medida já constava de um projeto de 1994 que foi aprovado na Câmara. Quando a proposta foi convertida em lei, cinco anos depois, a inclusão de idosos foi vetada pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso.

"Isso é um reconhecimento da importância de você inserir essas pessoas com 60 anos ou mais no mercado de trabalho, dar condição de autonomia para eles, que são tão importantes para nossa sociedade", dependeu o relator.

Em seu parecer, o deputado retirou o artigo que permitia que os representantes legais dos associados pudessem ser sócios das referidas cooperativas. Para ele, esses representantes legais não fazem parte das cooperativas, mas apenas exercem o mandato em nome dos associados.

Tramitação
A proposta, que já havia sido aprovada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, tramita em caráter conclusivo e segue para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:
- PL-1931/2007

Notícias relacionadas:
Seguridade rejeita isenção de tarifas bancárias a aposentados
Proposta permite a idosos escolherem foro de sua preferência
Seguridade aprova reserva de moradia popular para idoso
Comissão aprova preferência para idoso em desembarque de ônibus
Reportagem - Marcello Larcher/SR

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara')

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br

João Guilherme disse...

Negociar com o governo Lula, não é confiável, por isso, queremos ir para o plenário.
Um aviso para os nossos representantes, se eles se deixarem iludir por propostas que irão contra os nossos anseios, nós vamos continuar na luta e ano que vem nós veremos quem e quem.
Não tem cabimento o que o Lula está fazendo com os aposentados, ele está nos tratando como lixo.
A desculpa que não tem dinheiro não cola mais, que a Previdência é deficitária também não cola, se fosse deficitária, como é que ele liberou as prefeitura, das suas dívidas com o INSS, se não tem dinheiro como é que Brasil emprestou dinheiro para o FMI, se não tem dinheiro como é que ele está fazendo as obras do PAC, etc,etc...
Senhor Presidente, nós cansamos de tantas injustiças contra nós, se o Senhor fosse um ser humano justo, agora que o Brasil, está passando por um bom momento da sua vida econômica, o Senhor como quem prometeu tanto nas suas campanhas, que iria acabar com o fator previdenciário, que ia recuperar o poder de compra dos aposentados, deveria cumprir com a sua palavra e fazer o que prometeu.
Por isso, Sr. Presidente, a nossa decisão nós já sabemos qual é, agora a sua só o Senhor sabe.

Anônimo disse...

Gostaria que a midia deste País levasse a sério o problema dos aposentados e fizesse uma cruzada em defesa de nossos direitos. Exemplo: O programa Palavras cruzadas que apresentado aqui em Porto Alegre e outros similares no restante do País deveriam apresentar este tema atual fazer enquetes. Enfim, este movimento deveria ter a mesma luta da época da volta da Democracia, porque o problema é de todos os brasileiros até dos "jovens de hoje que serão os futuros aposentados de amanhã."

Anônimo disse...

Quero aproveitar este espaço para convocar a todos colegas aposentados e que dispõe de meios para ir a Brasília a fazer uma "GREVE DE FOME" em defesa de nossos direitos já que não temos outra forma de luta, pois a hora e o momento é este. A outra oportunidade é só através do voto nas próximas eleições. Aí só poderemos usar o nosso voto como represália, o que não irá resolver os nossos problemas que são emergentes !

Anônimo disse...

Inacreditárvel, "até tu Brutus"; Mercadante embarcando nas manobras e falcatruas de Sarney. Não vamos esqueer disto. Como contar com a distribuiçaõ da justiça aos aposentados com estes representantes. Vamos Mudar Looogo.É urgente. Não devemos abandonar a luta dos aposentados. De maneira alguma devemos aceitar a formula 85/95.O PL deve ir a plenário.França dos Santos

marcelino disse...

Fazer acordo com que não tem palavra? Jamais.
Estamos querendo o nosso dinheiro surrupiado pelo governo que simplesmente não está cumprindo com um acordo já feito conosco quando estavam metendo a mão em nossos bolsos.
Vamos à votação abeerta e estaremos no aguardo das próximas eleições para deputados.

Anônimo disse...

como confiar neste governo.
Não tem como. Ele não tem palavra. Queremos que se faça justiça já.
Essa proposta do governo é para rir ou para chorar?
Vamos para votação aberta plenário.
Nossa hora é agora.

jair souza cardoso disse...

SEMPRE QUE HÁ REAJUSTE PARA O APOSENTADO OU AUMENTO DO SALARIO MINIMO..O GOVERNO SEMPRE DIZ QUE VAI ESTORAR O ORÇAMENTO..MAS QUANDO É PARA AUMENTAR SEUS SALARIO..E QUE SALARIOS...NUNCA FALAM ISTO NA MIDIA.
PASSAM ANOS E PASSAM PARTIDOS SEMPRE A MESMA HISTORIA..
SE PARA OS APOSENTADOS NADA DE SALARIO DIGNO...PARA OS POLITICOS NA PROXIMA ELEIÇÃO..NADA DE VOTO.
VOTAREI NULO...ATE´A NOSSA POLITICA RESPEITAR A HONRA/DIGNIDADE/SENTIMENTO DO POVO BRASILEIRO...