Férias para Dilma

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, vai tirar férias em setembro, após o anúncio do marco regulatório do pré-sal, no próximo dia 31. A pausa, de pelo menos uma semana, faz parte da estratégia do Planalto de blindar a pré-candidata à Presidência da República, alvo de constantes ataques da oposição, segundo reportagem da edição de domingo do jornal "O Estado de São Paulo".

5 comentários:

Anônimo disse...

Espero que as férias sejam eternas e que saia do cenário político. Lula já é problema suficiente.

Anônimo disse...

Há muito tenho curiosidade em saber qual o plano de saúde da Dilma. Ele é muito generoso, paga inclusive deslocamentos a qualquer hora do dia/noite e tantas quantas vezes forem necessárias para São Paulo, independente de aprovação prévia de despesas. Achei uma beleza! Aposentados já deixaram seus planos de saúde há anos. Talvez esse, o plano de saúde da Dilma, também seja generoso com aposentados e pensionistas!

Virgulino Ferreira da Silva disse...

Lugar de terrorista é na cadeia

. . disse...

No início do reinado de Ataxerxes, funcionários imperiais denunciaram a re-construção do templo e muros de Jerusalém por judeus que Dario, avô do rei, permitira retornar à Palestina. A denúncia faz referência aos arquivos reais onde se poderiam encontrar registros do exílio dos judeus nos tempos de Nabucodonosor. Certamente, a mais de dois mil e quinhentos anos, arquivos de estado eram muito mais consistentes e confiáveis que as anotações do Palácio do Planalto, sede dos gabinetes de Lula e Dilma, cujos apontamentos do ano passado sumiram vaporizados pelo temor de expor a candidata mentirosa. A imoralidade da mentira e do sumiço do registro é tão grande quanto o atentado ao Serviço Público Civil e ao achincalhamento de seu corpo funcional de carreira.

Quaresma disse...

Vai tirar férias na Colômbia, revendo os antigos colegas gerrilheiros nas Farc's. Passagem só de ida, por favor!