Jader x Ana Julia

Uma nota no Holofote, assinada por Felipe Patury (Veja) diz:

PMDB X PT
O deputado Jader Barbalho é candidato ao governo do Pará pelo PMDB. Pois é, depois de ter sido preso e obrigado a renunciar ao Senado há oito anos por causa de denúncias de corrupção, ele quer voltar ao time principal da política.

Comunicada ao Planalto, a decisão de Jader é um obstáculo à candidatura presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Isso porque, para apoiá-la, o paraense exige que a governadora petista Ana Júlia Carepa desista da reeleição. Há mais e novas rusgas entre o PT e o PMDB.


Certamente não foi esse o assunto de encontro há duas semanas entre os protagonistas desta história. Ou foi?

2 comentários:

Quaresma disse...

Pelos corredores paraenses, o boato forte é que não há mais clima entre o PT e PMDB de cá, ie, Jáder e Ana Júlia já não se bicam faz tempo. A bomba atual é que, não conseguindo aportar no cais petista, o tubarão peemedebista recorreu para uma aliança com o ex-governador Simão Jatene, ou seja, Jáder para o Senado e Jatene para o governo paraense. Ana Júlia, mesmo o povo já determinado o fim de sua carreira no executivo, não desistirá de concorrer à reeleição. Entre mortos e feridos, se não surgir um nome competente para o pleito, estamos fuzilados com esses nomes apresentados. Jatene é um ótimo nome, mas, longe do cacique-mór da tribo do PMDB do Pará.

Val-André Mutran disse...

Quaresma,
Há uma articulação em curso para a apresentação ao eleitorado de uma 3.a via.