Nada cifrado com Jader e tucanos

Por Lauro Jardim, na Veja Online.

Jader e os tucanos

O PSDB paraense está conversando com Jader Barbalho. Discutem uma aliança em 2010.

5 comentários:

Anônimo disse...

Todo dia eu ouço isso e me pergunto: o que ele ganha ressuscitando o PSDB no Pará? Raciocine: o PSDB tem um número ridículo de deputados, de prefeitos e está dividido entre a liderança de Almir, que quer Mário Couto como candidato, e meia dúzia de gatos pingados que querem que Jatene tente fazer em 2010 (sem máquina, sem o apoio massivo do empresariado local, sem apoio do governo federal, etc) o que não teve capacidade de fazer em 2006. Aí entra o bom samaritano Jader Barbalho e dá uma mãozinha ao partido que em 12 anos de poder tentou afundar as empresas de Jader e foi o principal responsável pela campanha que tornou Jader o mais notório ladrão da história política do Pará. Então? O que ganha Jader com essa operação "bom samaritano"? Não ganha nada. Jader seguirá só. Se Jatene quiser ter seu apoio deverá se filiar no PMDB, o que seria a volta de Jatene ao berço esplêndido onde nasceu politicamente. Como isso não acontecerá (o grupo de Jatene não o segue para o ninho de Jader), o PMDB lançará Priante como candidato ao governo, Jader como candidato ao senado, apoiando Dilma para presidente. Por que? Porque Jader tem o controle da Eletronorte, que perderá imediatamente ser for apoiar Serra. Então, de volta ao começo: o que ganha Jader com a sobrevida do PSDB? Nada. Mas ele conversa. Ele conversa com todo mundo. Como conversou, na terça-feira passada, com Ana Júlia. Em 15 dias, desembarca na Sedurb. Assim é Jader, o dissimulado.

Val-André Mutran disse...

Creio que Jader não lançará apoio aos tucanos.

É muito melhor para o PMDB que ele permaneça com o PT no Pará pelas razões que você listou com muita propriedade, Anônimo das 10:31.

Tampouco, crio, que ele romperá entregando o naco de participação de seu partido no Governo Ana Julia; até mesmo porque seria um grande incoerência.

Jader trabalha profissionalmente. Analisa e interpreta pesquisas bem feitas para ajudá-lo nas decisões estratégicas no rumo que dará ao PMDB que deve reduzir substancialmente de tamanho após as eleições do próximo ano, mesmo com o enorme aparelahamento em todos os niveis que atualmente possue.

Haverá mudanças, oxalá esteja certo.

Quaresma disse...

Hoje mesmo tomei conhecimento desta possível "aliança", porém, custo a crer que a mesma ocorra. Jáder Barbalho é conhecido por atirar pra todo lado quando se aproximam pleitos eleitorais. Na eleição passada, tentou alianças com Almir, que o defenestrou. Aí pulou para o lado do PT, que indicava a Ana Júlia e, como teve receptividade, aportou no cais petista. E o PT só ganhou por causa deste apoio e pela insistência do Almir Gabriel em voltar ao Lauro Sodré. Se ficasse o Jatene, venceria mesmo. O Jáder é um problemão no governo de quem quer que seja. Só não exige o cargo de governador, mas, tudo o que puder arrebatar para as sua cores, faz com muita gula. Foi detonado do governo atual por causa das inúmeras exigências por cargos na esfera petista. Acho difícil que essa aliança se concretize. Mas, como em política só falta boi voar....

Anônimo disse...

É o Priante querendo ganhar não as eleições mas os trocados gordissimos da campanha. Priante é um perdedor profissional, mas sabe faturar como ninguem numa campanha majoritaria.

Antonio D Agrella disse...

Nossa política é suja mesmo, e pensam que o povo esqueceu da roubalheira FINAM de JADER, que
deveria ser sido condenado na época. Ah, no Brasil, ninguem
será condenado. ROUBAM A VONTADE e entrem no CLUBE DOS MILIONÁRIOS.

PSDB já é conhecido pelo seu passado