Por quê o embargo da carne no Pará?

O deputado federal Giovanni Queiroz (PDT-PA) explica.

2 comentários:

Anônimo disse...

Entendo o posicionamento do Dep.Giovanni quanto a ingerencia internacional querer se apoderar de "nossas terras" como dizia Rondon:"Integrar para não entregar", só que não podemos e nem devemos nos esquecer que quem realmente se privilegiou e se privilegia desses projetos são os proprios politicos e seus laranjas.
Que eu saiba a videira em aclive é aqui, é na França, é na Italia, etc.Arroz em Varzea aqui, China, Coreia por ser regio~es que alagam facil.Tá dificil crer em qq politico brasileiro, se há mais de 30 anos as benesses foram para os Sarneys???

Paulo Rabelo disse...

O embargo da carne no Pará, é um afronta ao povo Paraense, ao trabalhador do campo, ao produtor rural, o MPF,o Ministério do Meio Ambiente e o Governo do Estado do Pará poderiam se preocupar com os desmatementos que estão ocorrendo de forme explícita em nossa região, as queimadas ocorrem na cara das autoridades, os Governos se fazem de miopes diante dos crimes ambientais, e o MPF quem sabe poderia trabalhar mais pelo meio ambiente, exigindo uma presença maior do Estado e da União.O que está ocorrendo no meu Estado do Pará, é que grupos, aliados ao poder queimam a mata da Amazônia e o Governo nada faz, afinal é vespera de eleições e tudo que o poder não quer é causar descontentamento aos aliados, e aí é fácil o MPF e o IBAMA colocar a culpa no BOI.
Lembro ao IBAMA e MPF, que tem BOI também em SP, no RJ, em MG, em RS, em Mato Grosso do Sul e pelo Brasil todo, esses Estados terão o mesmo tratamento dado ao Estado do Pará ????????????