Deputado Giovanni: Sou o primeiro a apoiar uma reforma agrária sadia para o país

Leitores do blog terão a oportunidade, nessa série de dois vídeos, observar as contradições das políticas que se quer estabelecer em relação a Reforma Agrária.

O deputado federal Giovanni Queiroz (PDT-PA), indignado com o governo que seu partido apóia, destaca o mundo real distancionado dos mecanismos de controle e comando do Governo que avança, teoricamente, num desejável patamar de ocupação das terras na Amazônia.

Incra financia invasões de terras - Parte 1 from Val Mutran on Vimeo.

2 comentários:

Anônimo disse...

O que chama atenção é que o MST quer terra fértil já trabalhada, com infra-estrutura, em áreas bem localizadas por eles já escolhidas e não querem estar sob as condições de produtividade mínima.
Pelo visto, agora falta a massagem quemtambém deverá ser paga por todos os contribuintes. Assim é moleza!!

Pedro Innocente, Eng Mec disse...

O deputado Queiroz parece que clama no deserto neste governo podre, inepto, corrupto, fraco e imcompetente do Lula e do PT e congêneres.
Alguém acha que estes delinquentes farão alguma coisa para diminuir os conflitos nesta área do campo?
Vamos torcer para que o próximo presidente:
1-Fique mais no país, sem dar uma de dândi pelo mundo, fazendo m... lá fora;
2-Coloque o MST na ilegalidade, parando de vez de dar dinheiro pra vagabundo.