O Carajás e seus Paladinos

Por Val-André Mutra, de Brasília.

O cerco se fecha aos paladinos do Sul e Sudeste do Pará.

Paladinos de Marabá, Parauapebas, Tucuruí. Redenção, Xinguara e Rio Maria.

Rondon do Pará. Tucumã. São Felix do Xingu. O cerco assusta os paladinos.

De Norte a Sul. De Leste a Oeste no Carajás. A sociedade não quer nem ouvir falar em paladinos.

Sejam eles peões do trecho que fizeram fortuna na carona tangenciada numa folha corrida do crime. Quer um respeitável senhor com muitas posses ou títulos.

A ausência do Estado os acobertou.

Colcha curta para os homens de bem. Estrada aberta para meliantes. Rastro segura para paladinos.

Os paladinos estão cercados, identificados, fichados. Alguns, não respondem processos. Cuidam deles.

Muitos paladinos, no entanto, enganam, trapaceiam, desafiam, ameaçam. Elegem-se. Ganham projeção.

Três dos melhores prefeitos do Norte do país estão no Carajás.

São governos populares sem ser populistas. Sob o olhar atento dos paladinos.

Esses líderes, avançam em busca do bem estar de seu povo com altos índices de aceitação, como nunca dantes se tinha visto.

No meio, porém, há Paladinos.

Vou citar um exemplo.

Aliás, a partir desta madrugada, o blog elegeu como pauta preferencial, divulgar os passos dos Paladinos do Carajás.

Na tarde de ontem em Marabá. Dois operadores da justiça local. O promotor público José Luiz Furtado, ao lado de sua colega a qual não recordo o nome. Deram publicidade sobre mais duas ações contra o Prefeito Maurino Magalhães (PR-PA).

O 1.o procedimento aduz que Magalhães comete crime ao permitir, deliberadamente, que a inscrição “Deus é Maior”, compara o prefeito ao próprio criador e, por isso, subverte suas funções, ―e, ainda, induz o eleitor à condição de influência vil; visto que Maurino Magalhães, não é o Todo Poderoso. “Extemporaneidade inadmissível. Cabendo, nesse caso a cassação do diploma que autoriza sua substituição.

Assim mesmo. Porque um promotor está escandalizado com o "gravíssimo" fato.

Liga-se a esse absurdo, o fato de Maurino já acumular, ao ser eleito, colecionar outros enquadramentos diversos, que me vem à memória. Tais como:

1. Corpo mole para recolher o lixo urbano;
2. Privatizar a Merenda Escolar e;
3.Contratar servidores em cargos de livre provimento sem o necessário andamento para a realização de Concurso Público.

Numa canetada, os combatentes desassombrados do MP, contra a ação nefasta dos paladinos; pedem a demissão de 348 DAS da Prefeitura.

Melhor seria, fechar logo a Prefeitura e convocar novas eleições. Ou não?

Melhor seria, no entanto, Vossas Excelências do Ministério Público sair as ruas e respirar o ar que se respira hoje em Marabá.

A coleta do lixo e a merenda escolar, são serviços facilmente constatados se vão ou não bem, após as mudanças implantadas.

A referência a Deus numa placa de uma administração pública; tento, mas não consigo ver a diferença daqui aos nossos irmãos estaduni denses ao cunharem em sua própria moeda: “Em Deus Acreditamos.” Na sua mais pulverizada cédula: a de um dólar.

Muita gente acredita em Deus, deve saber o nobre operador do Parquet. E o dólar hoje é o lastro do mercado internacional, suplantando as reservas em ouro das Nações.

A nota de um dólar. Onde está escrito: “In God We Trust”, tem credibilidade.

Nenhum paspalho abre mão de sua equipe de confiança, nobre promotor.

Que tal abrirmos uma correição no Ministério Público?

Tá tudo beleza lá, não está?

Tudo beleza mesmo, não é?

Acredito piamente que o nobre operador do ministério público sabe diferenciar um ato administrativo, de um ato que se possa levantar “deturpações”, desses mesmos fatos.

Deturpações ocorrem em todo lugar. Mal entendidos, também.

Eu conheço o promotor em tela.

Eu conheço outros promotores.

Como esses abaixo:

Em reportagem Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) reconheceu que os procuradores regionais da República em Brasília Luiz Francisco de Souza e Guilherme Schelb perseguiram Eduardo Jorge Caldas Pereira, ex-secretário-geral da Presidência no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). A decisão, tomada por unanimidade na sessão de quarta-feira, mantém punição aplicada aos procuradores e acolhe recurso - embargos de declaração - de Eduardo Jorge para inclusão da expressão “perseguição” no texto do acórdão. Link da notícia aqui http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/conselho-do-mp-admite-que-procuradores-perseguiram-ministro-do-governo-fhc/

Os promotores gostam de sua comunidade. Por isso são tão atentos, zelosos e guardiões de suas condutas.

As ações do MP contra o Governo de Maurino são o que chamamos de excesso de zelo.

Não houve essa necessidade com o governo anterior.

Sabem por quê?

O lixo era recolhido em horários que os britânicos sentir-se-iam constrangidos de tão pontuais.

A bolacha com sal que ninguém conhecia a marca e o refresco atolado em corantes servidos anteriormente nas Escolas aos alunos, foi premiado!

95% das Escolas da Rede Municipal eram alugadas. Várias, reformadas sem pertencer ao Patrimônio Público.

O senhor José Luiz Furtado, promotor público da Comarca, ao longo de 8 (oito) anos. Nuca soube disso. Tratava-se de um detalhe que não importava ao Parquet.

Não importava ao senhor diligente promotor, como se dava a relação trabalhista da toda poderosa Secretaria de Obras do Município com os garis que recolhiam o lixo da cidade.

Como sua mansão é de muros altos, ele nunca viu como era recolhido o lixo em sua Chácara.

-- Doutor Furtado. O lixo de sua casa era recolhido por escravos. Calçados em luvas rasgadas. Quase sempre sem luvas. Calçados em botas rasgadas. Quase sem botas.

Sem máscara para impedir os gases da manipulação da coleta à desova.

Sem camisa apropriada para lhes proteger das frias noites tropicais carajaenses.

-- O senhor não tem culpa. O senhor simplesmente não via.

Hoje o senhor vê com lentes muito bem receitadas pelo melhor oftalmologista do Carajás, o Dr. Nicomedes, a pequena mensagem cristã e positiva: Deus é Maior.

-- Queria saber pelo amor que tenho pela Virgem de Nazaré, o que o senhor via na televisão, nas placas, nas ondas invisíveis do Rádio?

O governo anterior não tinha DAS?

Os garis da cidade tinham carteira assinada caro José Luiz Furtado?

Mas, justiça seja feita. O MP ordenou ao governo anterior tirar certas frases graciosas de Placas e Paradas de Coletivos.

Como esses óculos receitados pelo Nicomedes são bons, não é mesmo gente?

Isso o MP fez. E não fez mais do que a sua obrigação.

O governo anterior foi impecável. Esse, pelo que sei. Quer ser muito, mas muito melhor...

Mas, isso só será possível com a contribuição do Ministério Público e renovação de receita de óculos, lá no Hospital do Nicomedes.

A Marabá que queremos e teremos; todos terão condição de ver com óculos comprados nas óticas e receitados pelo Dr. Nicomedes e seus colegas. Diferentes dos doados à troca de votos. Farão a diferença, caro Dr. Furtado.

O senhor sabe que “Deus é Maior” e que com trabalho digno; equipamento de proteção ao trabalhador; vale refeição; salário justo na carteira e nas Frentes de Trabalho que o Governo Maurino vai implantar. Só isso. Apenas isso. Seremos testemunhas de uma revolução rumo à qualidade de vida de nossa Comunidade.

Educação de qualidade é uma meta que todo município como os nossos pólos querem. Perseguindo a meta de que todas suas edificações terão escrituras registradas em Cartório como um bem imóvel do patrimônio público. É o patrimônio que Maurino me disse que não abrirá mão de prestar contas aos seus eleitores e concidadãos.

Tem muitas outras novidades Dr. Furtado. O Prefeito que o senhor tanto zela, é o mais querido de toda a nossa Bancada. Por sua humildade e seriedade. Maurino é suprapartidário senhor procurador.

-- O senhor também é suprapartidário?

Não sei se após as denúncias que serão protocoladas no Conselho Estadual do Ministério Público. Vossa Excelência ainda estará na Comarca para como autoridade que hoje está; marabaense por adoção que optou; poder gozar o privilégio de ajoelhar-se no chão, ao lado de uma corrente de mãos juntas. Todos em estado de transe de alegria; levantar como num ato histórico e poder gritar a plena garganta: Viva a criação do Estado do Carajás!

Seria maravilhoso, não é mesmo?

-- Nesse dia. Terei certeza que os paladinos estarão bem longe daí.

4 comentários:

Anônimo disse...

Val,
Não há dúvida de que paladinos como Tião Miranda e toda uma cambada que se julga dona de Marabá, devido ter grande dificuldade de conviver com o fato de que Maurino estará governando o município até 2012 ou quem sabe 2016, seguramente estão por tráz de toda essa "eficiência" do Ministério Público local, lamentavelmente representado por uma figura tão esdrúxula e ridícula como esse Dr Furtado(o tal especialista em agredir e atirar em mulher). Porém em maioria dos casos penso que o próprio Maurino deva também ser apontado como culpado, pois, como poderia ele ousar obter sucesso numa empreitada tão complexa como administrar a futura capital do Carajás, mantendo em sua equipe de governo velhas ratazanas, cheias de apetite, como Lucidio (dos esquemas), Pedrinhos (da grana e da Cristal), Nilton (da prepotencia) Regivalvo (este, não se sabe nem de quê) e etc, todos absolutamente fiéis e obedientes ao Chefão dos Paladinos?

METRALHA disse...

VAL,

O SERVIDOR FURTADO REALMENTE ME ASSOMBRA COM SUA PERSIGUIÇÃO A UM POLITICO COMO O MAURINO QUE TAMBEM COMO O ANONIMO DAS 7:07 PM CONCORDO EM NUMERO GENERO E GRAU, ACRESCENTANDO O SECRETARIO VITALICIO KARAN COM HOJE ABSORVE 2 SECREATARIAS, INDICADO PELO ROQUE DESPACHANTE FIEL ESCUDEIRO DAQUELE CARA DO PEBA QUE FOI SECRETARIO DE FINANÇAS QUE FORAM CRIADOS JUNTOS DESDE DE MOLEQUES E TEM UMA RELAÇÃO FINANCEIRA MUITO INTIMA.

NO GOVERNO ANTERIOR FURTADO (O CORRETO E EXEMPLAR) TINHA LIGAÇÕES INTIMAS COM TIAO MIRANDA POIS SUA MULHER É MAE COINCIDENTEMENTE DO FILHO DE TIÃO E POR ISTO SEMPRE PASSOU A MÃO NA CABEÇA.

QUANTO AO GARIS TRABALHEI NA SEVOP E SEMPRE FALEI DO CAIXA 2 IMPLANTADO POR TIÃO E LUCIDIO. OS GARIS ERAM PAGOS TODA SEXTA PELA PREFEITURA COM DINHEIRO EM CASH E O PEDRINHO ERA O SACADOR DO R$ NO BANCO. HOUVE UMA OU DUAS VEZES EM QUE ELE FOI ASSALTADO COM ESTE DINHEIRO QUE PASSAVA EM 3 VEZES O VALOR DO SALARIO DOS GARIS.

TA FALTANDO O MAURINO DAR A ESTE PROMOTOR UMA GARRAFA DE WHISKY PARA QUE ELE SE ACALME.

FIZ VARIAS DENUNCIAS NO MP, INCLUSIVE ATRAVES DE E-MAIL AO MP ESTADUAL POIS AQUI NADA ACONTECIA E AGORA VAMOS TIRAR TODOS OS SANTOS QUE O INCOMODAM O SEU ATEISMO, COMEÇNDO POR RIO DE JANEIRO (CRISTO REDENTOR), JUAZEIRO DO NORTE (PADRE CICERO), XAMBIOÁ (REPLICA DO CRISTO REDENTOR).

NA VERDADE VAMOS TIRAR AQUELAS PLACAS ROTARIONAS QUE TEM EM TODA ENCRUZILHADA DE CIDADES.

VAMOS DEIXAR DE ADORAR A DEUS.

É RIDICULO FURTADO A TUA CONDUTA E CUIDADO POIS TEU TELHADO É DE VIDRO. NÃO CAIA NO RIDICULO, É O CONSELHO QUE TE DOU AQUI DE BELEM QUE AGORA EM OUTUBRO VAMOS TAMBEM ACABAR COM O CIRIO DE NAZARÉ PORQUE SEGUNDO A TUA VONTADE EXISTE MACULAÇÃO POLITICA. CASO TU VENHAS A SER TRANSFERIDO PARA A CAPITAL NÃO ESQUEÇA DE ME PROCURAR PARA TOMARMOS UMAS E OUTRAS.

DO TEU AMIGO

Val-André Mutran disse...

Anônimo das 7h07
As entidades públicas de comando e conrole estão sujeitas ao erro.
Penso que a boa notícia para o fortalecimento de nossa capenga democracia, tenha sido a entrada na cena dos Conselhos Judiciais em suas respectivas instâncias.
Acredito que uma denúncia, bem formulado ao Conselho do Ministério Público Estadual, enquadrará o operador do Parquet em tela.
Minha indagação é muito simples:
- Maurino o fará?
A pergunta tem razão de ser, visto que os fatos falam por si só. E ele (Maurino) tem que tomar uma decisão política em relação aos acontecimentos pontuados no post.
O Senhor promotor Luiz Furtado alega que está a desempenhar suas funções.
No final do imbóglio, anônimo, veremos quem serão os mortos, feridos ou vencedores ao bem de Marabá.
Volte sempre aqui, viu?
E de referência, assine suas considerações.

Anônimo disse...

Val,
O Senhor Promotor Luis Furtado tem realmente se preocupado muito com a atual administraçao,veja só, já existe mais de 600 recomendações de toda natureza por parte do MP, será que o MP não estaria também precisando de algumas recomendações?
Tipo:Parar de ficar pegando corda de vereador e vereadora, tomar todas e ficar esbravejando o que vai fazer e deixar de fazer, ter um comportamento digno de uma pessoa equilibrada e não ficar atirando em pessoas, agir com imparcialidade etc... Será que o MP não esta vendo que este senhor já esta indo longe de mais.
Drª Mayana vc esta sendo usada neste processo pelo Dr.Luis, tenha cuidado para não comprometer a sua carreira.
Carajaense.