Lina Vieira acha sua agenda: encontro com Dilma aconteceu no dia 9 de outubro do ano passado

Veja
Agenda da ex-secretária da Receita Federal registra o dia em que ela se reuniu com Dilma para tratar de uma investigação contra a família Sarney

Alexandre Oltramari, de Natal

Fotos Wilson Pedrosa/AE e Joedson Alves/Folha Imagem

HISTÓRIAS DIFERENTES
Lina Vieira anotou em sua agenda pessoal a data e o assunto da reunião no Palácio do Planalto, que a ministra Dilma Rousseff (à dir.) nega ter existido

Em agosto passado, primeiro numa entrevista e depois em depoimento no Congresso, a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira acusou a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, de tê-la convocado para uma reunião no Palácio do Planalto. Na conversa, a ministra teria pedido que Lina interferisse no andamento de uma investigação tributária que incomodava a família do presidente do Senado, José Sarney. Se comprovado, o encontro criaria sérios constrangimentos legais à ministra, pré-candidata do PT à Presidência da República. Dilma, porém, sempre negou com veemência a existência da reunião. A ex-secretária, por sua vez, nunca apresentou provas convincentes, além do próprio testemunho, de que a conversa realmente existira. O dia? Lina não se lembrava. O mês? Lina dizia que fora próximo ao fim de 2008, talvez em dezembro. Quando questionada sobre a imprecisão, justificava afirmando que todos os detalhes estavam registrados em sua agenda pessoal. E a agenda? Perdida em meio a uma infinidade de documentos empilhados quando de sua mudança de Brasília para Natal, onde mora. Dois meses após deixar todas essas perguntas no ar, a agenda que pode ajudar a aclarar o caso finalmente apareceu - e, segundo Lina, mostra o dia, a hora e o assunto tratado no encontro com a ministra-chefe da Casa Civil.

Prossegue aqui.

9 comentários:

Anônimo disse...

Dois meses é tempo suficiente pra fazer um livro, que dirá plantar uma agenda. Esse já deu né ?

Val-André Mutran disse...

Exatamente anônimo.

Lafayette disse...

VAMP, e por falar em livro...

"Extra! Extra!

Começou a ser contada uma história!

A BATALHA DA AMAZÔNIA começou a ser narrada pelo André Costa Nunes, no seu blog "Tipo assim... folhetim".

http://tipoassimfolhetim.wordpress.com/

É coisa pra mais de metro e de megas bits!"

Ps.: coisa de filho-coruja! ;-)

Val-André Mutran disse...

Lafa o André já está devidadmente apresentado no front page.
Abraços e sucesso.

Anônimo disse...

Para quem conhece Dilma de "outros carnavais" sabe que a menina além "grossa" não pensa duas vezes para mentir. Assim, se houver necessidade de opção - Lina e Dilma, digo que Lina fala a verdade. Ahhh!!! estamos precisando de um professor de raciocínio lógico para resolver a questão.

Anônimo disse...

Com esta mentira, Dilma faz feliz o seu professor em enrolação, o Lula, mas detona sua própria candidatura à Presidência.

Leila disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....

É pândega, essa moça. Mas a Folha, ein, perdeu a vergonha de vez.

José Nogueira disse...

Qual das duas federais,disfruta de maior impunidade,nos dias atuais???

Francisco José disse...

É claro que se pode verificar a autenticidade do documento. Qualquer perito amador pode dizer se a agenda foi montada ou é autêntica. Portanto, achando que a a Lina não seja tão burra para apresentar uma falsificação a uma altura dessa, eu acho que a mentirosa é Dilma.

Francisco Santana