Educação: É esse o país que queremos?

Sucesso retumbante no Youtube, a jovem professora Amanda Gurgel desnuda o desprezo não só em seu estado, o Rio Grande do Norte, mas de todo o país em relação à Educação.
Um país que trata a educação, historicamente, desta maneira, jamais poderá sequer pensar em disputar vaga em Conselho Permanente da ONU ou qualquer outra coisa.
Vejam o depoimento desta jovem pedagoga de 26 anos.

2 comentários:

Roberto C. Limeira de Castro disse...

Esse é o caminho que cada brasileiro tem que tomar. Protestar, indignar-se, lutar com todas as suas forças contra todo tipo de opressão dessas elites fajutas que nos governam hà séculos. Apeá-los do poder com o nosso voto e jogá-los no lixo da história, de onde nunca deveriam ter saído.

Val-André Mutran  disse...

Exatamente isso, caro amigo.
O amigo sabe e testemunhou a luta de Brizola e de Darcy para que nosso povo apoiasse a revolução através da Educação.
Continuamos nessa trincheira, tenha certeza.
Enquanto respirar, serei um soldado desta luta!
Um grande abraço.