Mário Couto pede a demissão do ministro da Previdência

[Foto: senador Mário Couto ]

Ag.Senado

"Tire esse ministro Pimentel do cargo, pois esse ministro é mau, incompetente e irresponsável". Esse recado, dirigido ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi transmitido da tribuna do Plenário pelo senador Mário Couto (PSDB-PA). Além da demissão do ministro da Previdência, José Pimentel, ele cobrou a votação, pela Câmara dos Deputados, dos projetos que acabam com o fator previdenciário no cálculo da aposentadoria e reajustam os benefícios da Previdência.

Mauro Couto revelou que deixou de participar das reuniões que estão sendo realizadas entre o governo, a Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap), parlamentares, centrais e confederações por não conseguir aguentar mais "as mentiras" do governo federal. Ele disse ter se sentido tratado como um palhaço e garantiu que as negociações pioraram quando o próprio ministro Pimentel assumiu a palavra pelo governo, em substituição ao deputado petista Henrique Fontana.

- Eu não acredito mais nesse governo. Ele para mim não é sério, falta com a verdade. Chega de nos enganar, de nos fazer de palhaços. Faltaram com a verdade e a mentira é característica desse governo. Está aí a ministra Dilma, agora, provando e mostrando que a mentira nesse governo é normal, é natural, se faz com tranquilidade - afirmou Mário Couto.

Segundo o senador, o próprio presidente da República está deixando de cumprir a palavra empenhada durante a campanha eleitoral. Mário Couto disse que Lula, ao pedir o voto dos aposentados, garantiu que, se eleito, acabaria com o fator previdenciário. Ele advertiu que os próprios "companheiros" do PT cobrarão do presidente, quando ele deixar o poder, o porquê de ele não ter resolvido a situação dos aposentados.

Em aparte, o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) sugeriu a Mário Couto que não perca tempo reclamando ou procurando pressionar a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, ou o ministro José Pimentel.

- O responsável se chama Lula: se ele quisesse corrigir essas injustiças contra os aposentados já teria feito há muito tempo - afirmou.

Fonte: Agência Senado.

6 comentários:

Anônimo disse...

O pior de tudo é que Lula é um megalomaníaco que só vê ouve a sí mesmo, pois além de ser conivente com os escândalos promovidos na seqüência destes ultimos 2 mandatos, tais como mensalão, atos secretos, falta de segurança, saúde, educação e demais serviços, não obstante os altos e excorchantes impostos que nos quebram a espinha dorsal como aposentados, minha maior decepção é ter atingido a aposentadoria que deveria ser plena, mas ficou mínima com o fator previdenciário e com os reajustes anuais bem abaixo do aumento do custo de vida.
Minha única confiança hoje é em Deus, que êle perdoe minhas fraquezas e se um dia julgar correto o arrependimento dos políticos que não tem um mínimo de sensibilidade com o sofrimento da população que os perdoe também em sua hora final.
Irineu Queiroz dos Santos

Anônimo disse...

Prezados Senhores(as), não vamos permitir que o Brasil se torne uma grande Inailândia. Parece que estamos em Chicago algumas décadas atrás. Nos sentimos ameaçados, pressionados, usurpam os nossos direitos e o que é nosso. Pagamos pela nossa aposentadoria plena, sem cortes. Não queremos agrado. Os Governos usaram o dinheiro da Previdência, para construir Brásilia, a Belém Brásilia, a Tranzamazônica, a Ponte Rio Niteroí, Itaipú, a CSN, etc, etc...Se nos não nos respeitamos, não seremos respeitados por ninguém, nem pela nossa família, muito menos pelos políticos. Até nos chamaram de vagabundos, naturalmente usaram como modêlo alguém da própria família. Temos opinião, temos memória, lembram das mazelas, das Polonetas, Simonetas e outras piruetas??? Também não somos o zé da esquina. Somos a Vossa Excelência o Senhor Eleitor. Exigimos respeito e não somos volúveis. Mostraremos nossa força através do voto, bem como dos nossos familiares, amigos, conhecidos, etc. Queremos candidatos novos, exemplos como a Sra. Lina Vieira, honesta e competente. Vamos divulgar as nossas idéias, diuturnamente. Bom trabalho e boa sorte para todos nós.Valerio Amichetti vamichetti@uol.com.br

Anônimo disse...

ESTE GOVERNO SE ORGULHA E SE ENVAIDECE
DE TER EMPRESTADO DINHEIRO AO FMI,
DE TER PERDOADO A DÍVIDA DOS PAÍSES AFRICANOS,
MAS SE ESQUECE DE REMUNERAR DIGNAMENTE
SEUS APOSENTADOS E PENSIONISTAS.
ESSE GOVERNO PRECISA LEMBRAR-SE
QUE QUEM GANHA MAIS DE UM SALÁRIO MÍNIMO
TAMBEM É BRASILEIRO E VOTA.

SE SOMOS DISCRIMINADOS, VAMOS À LUTA!!!

Anônimo disse...

ESTE GOVERNO SE ORGULHA E SE ENVAIDECE
DE TER EMPRESTADO DINHEIRO AO FMI,
DE TER PERDOADO A DÍVIDA DOS PAÍSES AFRICANOS,
MAS SE ESQUECE DE REMUNERAR DIGNAMENTE
SEUS APOSENTADOS E PENSIONISTAS.
ESSE GOVERNO PRECISA LEMBRAR-SE
QUE QUEM GANHA MAIS DE UM SALÁRIO MÍNIMO
TAMBEM É BRASILEIRO E VOTA.

SE SOMOS DISCRIMINADOS, VAMOS À LUTA!!!

Nivaldo disse...

O que nossos parlamentares tem como obrigação é respeitar o povo, atravéz de atos e atitudes coerentes,honestas,verdadeiras,e práticas.Para isto tem que desenvolver e votar em projetos que realmente tem relevância e significância,como os projetos que favoressem os aposentados e trabalhadores brasileiros.

Anônimo disse...

O Ministro da Previdência é capacho do Lula e esse por sua vez está "possuido". Arrogância é seu nome.Lula está totalmente fora da realidade, a cabeça está onde ele jamais estará. Perdeu o respeito e a credibilidade dos brasileiros.Fora Lula e não esqueça de levar a "mala sem alça" da Dilma